Operação

Em três meses, duas mil ligações irregulares são retiradas de estabelecimentos da Bahia

Ação faz parte de uma operação de combate ao furto de energia em residências e grandes indústrias

Redação iBahia
18/05/2022 às 19h18

2 min de leitura

Cerca de 3 mil ligações irregulares foram removidas de estabelecimentos comerciais nos primeiros três meses de 2022 na Bahia. A ação faz parte de uma operação de combate ao furto de energia, realizada pela Neoenergia Coelba em residências e grandes indústrias.

As irregularidades foram flagradas, entre outros locais, em restaurantes, supermercados, hotéis, lojas de construção e de pets espalhados em diversas regiões da Bahia. Ao todo, 7 mil unidades comerciais foram inspecionadas.

Segundo os dados divulgados, as operações recuperaram com a remoção, 9,5 milhões de quilowatt-hora, energia suficiente para abastecer 81 mil residências durante um mês.

O gerente de Operações da Neoenergia Coelba, Tales Itaborai, explicou que o além de cometer crime, quando o estabelecimento comercial furta energia elétrica, outros setores são prejudicados.

“Quando o estabelecimento comercial furta energia elétrica, além de cometer crime, ele está promovendo uma concorrência desleal no setor, prejudicando toda uma cadeia econômica e levando uma vantagem indevida. Por isso é importante que os diversos segmentos da economia fiquem atentos a este tipo de prática criminosa e denuncie”, disse.

Ainda de acordo com os dados da Coelba, no primeiro trimestre de 2022, cerca de 30 mil irregularidades foram identificadas. No total foram recuperados 93 milhões de de quilowatt-hora, energia suficiente para abastecer todo o município de Vitória da Conquista durante três meses.

A distribuidora estima que cerca de R$ 2,6 milhões referentes a impostos deixariam de ser recolhidos devido a atuação fraudulenta nas unidades flagradas com irregularidades em todo o Estado.

O furto de energia é crime previsto no Código Penal. Denúncias podem ser feitas de forma anônima através do telefone 116 o no site da Neoenergia Coelba, na parte de Serviços, na aba Denúncia de Irregularidade.

Leia mais sobre Bahia em iBahia.com e siga o Portal no Google Notícias.