Menu Lateral Menu Lateral
iBahia > bahia
CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Interior da BA

Ex-PM pega 17 anos de prisão após matar por causa de petisco

Crime em 2014, entretanto a sentença só foi proferida na quinta-feira (15), nove anos depois

Redação iBahia • 16/06/2023 às 18:23 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

				
					Ex-PM pega 17 anos de prisão após matar por causa de petisco
Foto: Reprodução/TV Subaé

O ex-policial Militar Marcelo Andrade Souza foi condenado a 17 anos de prisão por matar o promotor de vendas Hebert Menezes, com seis tiros, em um shopping na cidade em Alagoinhas. Crime em 2014, entretanto a sentença só foi proferida na quinta-feira (15), nove anos depois. A motivação do homicídio foi um petisco de bar.

A vítima estava com amigos no estabelecimento, que fica dentro do shopping, e o ex-policial, que ainda fazia parte do quadro da PM, estava de folga. O PM pegou um pedaço de carne na mesa do grupo sem autorização. Hebert e os amigos não gostaram da atitude do ex-policial e discutiram com ele.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Leia mais:

A Polícia Militar informou que Marcelo Andrade Souza foi demitido das fileiras da corporação em 2019, cinco anos depois do crime. Ele foi condenado a 12 anos por homicídio qualificado por motivo fútil e diminuição de possibilidade de defesa da vítima e cinco anos por tentativa de homicídio por causa de um homem que ficou ferido no momento do crime.

O julgamento, que contou com sete jurados, o ex-policial alegou legítima defesa, mas não convenceu as pessoas que estavam no tribunal.

Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM BAHIA :

Ver mais em Bahia