Menu Lateral Menu Lateral
iBahia > bahia
CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Mudanças

Lauro de Freitas tem esquema de transporte após greve de rodoviários

Segundo prefeitura, 60% das origens e destinos das linhas afetadas estão nos limites da cidade. Intervenções já estão sendo colocadas em prática

Redação iBahia • 24/07/2023 às 16:43 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

				
					Lauro de Freitas tem esquema de transporte após greve de rodoviários
Foto: Reprodução/TV Bahia

A Prefeitura de Lauro de Freitas anunciou um esquema especial de transporte para a cidade na tarde desta segunda-feira (24), depois do início da greve de rodoviários das linhas que atendem à região metropolitana de Salvador.

Em nota, a administração informou que o objetivo é minimizar os transtornos para os passageiros, já que 60% das origens e destinos das linhas desse transporte público estão nos limites territoriais do município.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Leia mais:

De acordo com a Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Ordem Pública (SETTOP), estão sendo colocados à disposição da população todos os ônibus do Transporte complementar de Lauro de Freitas (Translauf), inclusive os reservas, e o transporte escolar também foi autorizado a fazer o transporte de passageiros.

O secretário da SETTOP, Olinto Borri, destaca que a greve promovida pelos rodoviários do sistema metropolitano atinge em cheio o transporte em Lauro de Freitas. Ele acrescenta ainda que a Estação Aeroporto como último ponto da linha 2 do metrô Salvador/Lauro de Freitas recebe toda essa demanda.

“Mais de 35 mil passageiros utilizam a estação de metrô aeroporto para embarque e desembarque todos os dias, sendo que 95% desses passageiros têm acesso ao metrô através da integração do sistema metropolitano”, ressaltou.

Greve

O Sindicato dos Trabalhadores de Transportes Rodoviários da Região Metropolitana (Sindmetro) de Salvador (RMS), decretou greve por tempo indeterminado na manhã desta segunda-feira (24). A categoria pontua que a paralisação acontece por falta de resolução na questão de pagamentos de rescisões contratuais, de um acordo firmado em junho das deliberações da PEC das empresas.

Por meio de nota, o Sindmetro informou ainda que cerca de 530 trabalhadores foram prejudicados pelas ações. Com a decisão de greve, várias regiões ficaram sem circulação de transporte público. As regiões atingidas pela paralisação são:

  • Lauro de Freitas
  • Camaçari
  • Simões Filho
  • Candeias
  • Madre de Deus
  • São Francisco do Conde
  • Santo Amaro
  • São Sebastião do Passé
  • Dias D’Ávila
  • Mata de São João
  • Praia do Forte
  • Porto de Sauípe
  • Subaúma
  • Conde
  • Imbassaí
  • Rio Real
  • Arembepe

Cerca 250 mil de passageiros são transportados diariamente pelos transportes das cinco empresas que circulam pelos municípios. Nesta segunda-feira (24), os pontos de ônibus das cidades afetadas amanheceram lotados. Além de Lauro de Freitas, Salvador também montou um esquema especial de transporte para suprir a demanda.

Esta é a segunda greve realizada pela categoria neste ano. Em fevereiro, os rodoviários paralisaram as atividades por 24 horas para tentar receber o valor. Na época, um acordo foi firmado para o pagamento em julho.

Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM BAHIA :

Ver mais em Bahia