Plantação com mais de 70 pés de maconha é destruída em Amargosa


Uma plantação com mais de 70 pés de maconha, prontos para colheita, foi destruída, na manhã desta segunda-feira (22), no município de Amargosa, a 226km de Salvador. Os responsáveis pela roça eram os irmãos Cristiano Souza Santos, 25 anos, e Adriano Santos Nascimento, que conseguiu fugir ao cerco da polícia.

Segundo informações da polícia, a plantação de maconha estava escondida, em local de difícil acesso, no interior de uma fazenda com área estimada de 40 hectares. Os policiais chegaram ao local porque estavam a procura de um assaltante que vinha realizando diversos assaltos na zona rural de Amargosa.

Depois que denúncias chegaram à delegacia apontando Cristiano como o autor dos crimes, os investigadores começaram a procurá-lo, localizando-o na fazenda, onde trabalhava como lavrador ao lado do irmão.

Parte da maconha localizada foi incinerada e outra parte encaminhada para perícia. Cristiano foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e ficará custodiado na carceragem da delegacia local. O irmão, Adriano, ainda não foi localizado pela polícia.