Polícia divulga identidade de homem que matou mulher após assalto em joalheira


A polícia divulgou o nome do suspeito de ter assaltado uma joalheira e matado uma mulher na fuga no dia 13 deste mês em Feira de Santana, a 107 km de Salvador. Nailton Bruno Carvalho da Cruz, 26 anos, teve a prisão preventiva decretada.

Segundo a delegada Klaudine Passos, titular da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos, o acusado havia deixado o presídio três meses antes do crime e estava em liberdade provisória. “Ele respondia por tráfico de drogas, lesão corporal, se envolvia em badernas”, contou a delegada. A identificação foi feita através do Disque Denúncia e confirmada, em depoimento, pela própria mãe do suspeito após vê-lo nas imagens do circuito interno de segurança da loja, que filmou todo o crime.

A polícia investiga a participação de um outro homem que teria ajudado Nailton Bruno a fugir após o assalto e a morte da promotora de vendas Joselita Pedreira, 35 anos.

Crime em fuga
Joselita passava pela rua 18 de Setembro quando o assaltante, que havia acabado de roubar a joalheria, disparou para trás, atingindo-a.

Ela havia percebido a movimentação e tentou se esconder, porém, enquanto o suspeito fugia, alguém gritou “pega, ladrão” e este se voltou e atirou duas vezes. Joselita foi atingida nas costas. Ferida, ela ainda entrou em uma loja de calçados vizinha à joalheria, mas morreu antes de receber socorro.