Polícia Federal realiza operação contra quadrilha especializada em falsificação de documentos públicos na Bahia


Foto: Divulgação / PF

A Polícia Federal realiza, na manhã desta quarta-feira (14), uma operação contra uma organização criminosa especializada na prática dos delitos de falsificação de documentos públicos na Bahaia e em Pernambuco. Entre os títulos estão Carteira Nacional de Habilitação, Carteira de Identidade, bem como diversas fraudes no Auxílio Brasil, FGTS (saque aniversário) e ao Auxílio Emergencial.

De acordo com a corporação, a ‘Operação Simulatum’ está sendo executada desde as primeiras horas da manhã, por mais de 50 Policiais Federais, com a participação do Grupo de Pronta Intervenção-GPI da SR/BA.

Estão sendo cumpridos 2 mandados de prisão preventiva, 5 mandados de prisão temporária e 10 mandados de busca e apreensão nos estados da Bahia e Pernambuco. Ainda segundo a PF, as investigações iniciaram a partir de uma série de prisões em flagrantes de interpostas pessoas usadas pelo grupo criminoso a fim de realizarem saques de benefícios em nome de terceiros com documentos falsos, assim como o uso destes em face de orgãos/entidades federais, a exemplo da Polícia Rodoviária Federal.

Foto: Divulgação / PF

A apuração revelou que as fraudes relacionadas à comercialização de Carteira Nacional de
Habilitação, resultou em um prejuízo de cerca de R$ 5 milhões. Quanto se analisa as fraudes aos
benefícios assistênciais, o valor aproximado é de R$ 2 milhões.

Os investigados responderão pelos crimes de Organização Criminosa, Estelionato Majorado, Falsidade de Documentos Públicos e Uso de Documentos Falsos, cujas as penas somadas pode chegar a 24 anos de reclusão.

A operação foi batizada Simulatum, expressão latina que significa “simulado”, à qual remete ao caráter
fraudulento e intencional dos desvios de valores identificados no curso das investigações.

Foto: Divulgação / PF

Leia mais sobre Bahia no ibahia.com e siga o portal no Google Notícias