PRF registra aumento de 148% em apreensões de cocaína nas rodovias baianas em 2022


Foto: Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou nos doze meses de 2022 um aumento de 148% nas apreensões de cocaína em rodovias baianas. A PRF informou que no último ano retirou de circulação quase 10 toneladas de drogas, principalmente maconha e cocaína.

Em 2021, foram apreendidos 870 quilos de cocaína e em 2022 o número subiu para 2.160 quilos. Segundo a PRF, a retirada desse tipo de droga foi em sua grande maioria de cocaína pura, que causaram um prejuízo de 280 milhões de reais ao narcotráfico.

Foram apreendidas em 2022 também 7,5 toneladas de maconha. A quantidade seria suficiente para produzir quase 15 milhões de cigarros, o equivalente a população do estado da Bahia. A maior ocorrência foi registrada em junho/22, em Iramaia (BA), durante abordagem a um caminhão e um automóvel. Dentro dos veículos foram encontrados drogas e armas de grosso calibre. E só de maconha foram apreendidos 1.981 quilos.

Destaque também para a apreensão de 2.826 comprimidos de ecstasy. Nos últimos anos houve um crescimento no comércio dessas ‘pílulas’. Elas produzem alterações no sistema nervoso central e são geralmente usadas em festas frequentadas por jovens, provocando euforia e alucinações. Se usada em altas doses, pode provocar convulsões, parada cardiorrespiratória e pode levar até a morte.

Nos doze meses de 2022, foram registradas pela PRF BA 130 ocorrências relacionadas a crime de tráfico de drogas e 154 pessoas foram presas.

Principais ocorrências

A maior apreensão da droga registrada pela PRF BA em 2022, aconteceu em 19 de fevereiro, em Feira de Santana (BR 116). Policiais abordaram uma caminhonete e decidiram vistoriar o compartimento de carga para uma fiscalização detalhada. Ao retirarem a lona, os policiais encontraram diversos tabletes de cocaína, que após pesagem totalizaram 567 Kg (quinhentos e sessenta e sete quilos) da droga. O motorista relatou que pegou os fardos de maconha no Paraná e disse ainda que ganharia R$ 15 mil para deixar a droga na rodoviária de Feira de Santana.

Já no dia 4 de março, em Barreiras (BR 242), ocorreu mais uma grande apreensão de cocaína. A abordagem a um caminhão foi motivada pelo fato que o veículo estava com as lanternas (sistema de iluminação) desligados em plena via de trânsito. Foi feita uma vistoria no caminhão e foram encontrados 404 quilos da droga que estavam escondidos dentro do tanque de combustível.

Em 30 de maio, uma equipe fazia fiscalização em frente ao posto da PRF, em Feira de Santana, quando abordou um caminhão basculante e após uma vistoria encontraram 488 quilos de cocaína. Os tabletes da droga estavam em um fundo falso e sob uma carga de quase 30 toneladas de sucata. O motorista foi preso pelo crime de tráfico de drogas.

Em Barreiras, no oeste da Bahia, em 11 de agosto, a PRF aprendeu 1.300 quilos de maconha escondidos em meio a uma carga de mudança. Pacotes da droga também foram encontrados dentro de uma geladeira e de um freezer. O motorista de 39 anos foi preso, juntamente com outros dois homens que faziam o serviço de ‘batedor’ do ilícito.

Leia mais sobre Bahia no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias.