Secretaria de Saúde de Juazeiro confirma primeiro caso da varíola dos macacos na cidade


Foto: Fiocruz

A Secretaria Municipal de Saúde de Juazeiro, no norte da Bahia, confirmou, na quinta-feira (11), o primeiro caso da varíola dos macacos na cidade. O paciente é um homem de 32 anos, que está com sintomas leves e continua em isolamento domiciliar.

Segundo a pasta, o paciente tinha histórico de viagem para os estados de Minas Gerais e Maranhão. Ele está sendo acompanhado pelo órgão.

A última atualização dos números da varíola do macaco na Bahia foi divulgado pela Secretaria da Saúde (Sesab) na quarta-feira (10), quando havia 25 casos confirmados da doença. Com esse de Juazeiro, a Bahia tem o total de 26 pessoas infectadas pela varíola dos macacos.

Os outros casos foram registrados nas cidades de Salvador (17), Santo Antônio de Jesus (2), Cairu (1), Conceição do Jacuípe (1), Feira de Santana (1), Ilhéus (1), Mutuípe (1) e Xique-Xique (1).

Além dos confirmados, a Bahia tem notificados 166 suspeitos. O primeiro caso da varíola dos macacos na Bahia foi confirmado no dia 13 de julho.

A doença causa febre, dor de cabeça, dores musculares, dores nas costas, adenomegalia, calafrios e exaustão. A infecção é autolimitada com sintomas que duram de 2 a 4 semanas, podendo ser dividida em dois períodos: invasão, que dura entre 0 e 5 dias, com febre, cefaleia, mialgia, dor das costas e astenia intensa.

A erupção cutânea começa entre 1 e 3 dias após o aparecimento da febre e tem características clínicas semelhantes com varicela ou sífilis, com diferença na evolução uniforme das lesões.

Leia mais sobre Bahia em iBahia.com e siga o Portal no Google Notícias