Salvador

Vila Velha mobiliza público em campanha para arrecadar fundos

Espaço criado em 1959 pretende arrecadar cerca de R$ 150 mil para cobrir despesas administrativas

Redação iBahia
13/05/2016 às 18h40

3 min de leitura
Responsável por lançar artistas como Lázaro Ramos, Érico Brás e Virgínia Rodrigues, além de ter sido palco para apresentações de nomes como Wagner Moura, Vladimir Brichta, João Miguel e Margareth Menezes, o Teatro Vila Velha, na Avenida Sete, decidiu pedir o apoio da população para continuar os trabalhos artísticos. Uma campanha de financiamento coletivo foi criada na internet para arrecadar R$ 150 mil até o dia 26 de junho de 2016. As faixas de valor para contribuição vão de R$30 a R$10 mil, com recompensas especiais.

Teatro cria campanha para arrecadar fundos para dar fôlego à administração do espaço
(Foto: Divulgação)

Com o slogan “Cole com o Vila, velho!”, o movimento já teve o apoio de personalidades baianas que fizeram história do Teatro. Em conversa com o iBahia, a coordenadora geral do teatro, Bianca Araújo, explicou que o valor desta primeira meta será utilizado para cobrir despesas administrativas e pendências tributárias acumuladas ao longo dos anos. “Por conta do momento difícil da economia, que não é um privilégio apenas do teatro, tivemos uma diminuição da nossa receita. A gente acumulou algumas dividas que precisam ser quitadas”, disse ela.”O teatro precisa do público, que é peça importante para a sobrevivência. O público é sempre o nosso principal patrocinador, financiador. E é o nosso cliente. É para eles que trabalhamos”, pontuou a coordenadora, ao falar sobre a ideia de “chamar” o público para fazerem doações ao espaço.Sobre o retorno da campanha, Araújo já comemora: “Tem sido fantástica. Além do retorno do investimento, as pessoas estão absolutamente ‘coladas’ com o Vila. As nossas publicações nas redes sociais estão sempre sendo compartilhadas. Já recebemos vários vídeos em solidariedade ao teatro. Está sendo muito gratificante”.

Palco do Teatro Vila Velha (Foto: Divulgação)

Criado em 1959, o Vila Velha foi o primeiro teatro independente da Bahia. Em 1995, o local iniciou sua primeira grande obra de reestruturação. Três anos depois, ele foi reinaugurado com o espetáculo “Um Tal de Dom Quixote”, que reuniu o Bando de Teatro Olodum e o Teatro dos Novos. A revitalização, inclusive, contou com o apoio de artistas como Gilberto Gil, Maria Bethânia, Caetano Veloso, Daniela Mercury, Carlinhos Brown e Margareth Menezes.O Vila foi espaço para a criação do Bando de Teatro Olodum – responsável por peças como “Cabaré da RRRRRaça”, “Áfricas” e “Ó Paí, Ó!” – e Viladança, além de residências artísticas internacionais e um programa de formação, que serve como espaço de pesquisa e reflexão na produção de espetáculos. Confira o vídeo de Wagner Moura pedindo a colaboração do público: