Homofobia

Casal gay é atacado em terminal de ônibus com madeiras e pregos

Suspeito e vítimas chegaram a entrar em luta corporal

Redação iBahia
13/01/2020 às 19h20

2 min de leitura

Um homem, que não foi identificado, foi acusado de agredir um casal gay enquanto eles esperavam um ônibus no Terminal Capão Redondo, na cidade de São Paulo (SP). A agressão teria acontecido no último domingo (12) e, de acordo com o casal, houve motivação homofóbica. As informações são do G1 São Paulo.

Testemunhas afirmam que o suspeito é vendedor ambulante no terminal. Segundo o boletim de ocorrência do caso, ele se sentiu ofendido ao ver Lucas Trindade, 24 anos, e Caio Costa Souza, 19, se beijando na fila. A atitude dos dois estaria desrespeitando os passageiros da fila, segundo o homem. Houve discussão entre os três e o suspeito teria saído do local fazendo ameaças de morte.

Foto: Reprodução/Arquivo pessoal

Pouco tempo depois, o homem voltou munido de uma madeira com prego e acertou o abdômen de Lucas. O casal conseguiu desarmar o homem e eles entraram em luta corporal. A confusão só terminou quando funcionários do terminal e motoristas separaram a briga e levaram o suspeito embora.

Após a situação, Lucas foi levado para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde recebeu ajuda e foi liberado.

Segundo o G1, o caso foi registrado pelo casal Delegacia de Polícia de Repressão aos Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), vinculada à Divisão de Proteção à Pessoa do Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP).