Clube flutuante fica à deriva após passagem de ciclone e naufraga em Balneário Camboriú


Foto: Reprodução/Redes Sociais

A estrutura do primeiro clube flutuante de Santa Catarina ficou à deriva, após a passagem de um ciclone extratropical em Balneário Camboriú, litoral norte do estado. A estrutura foi arrastada para alto-mar da Praia Central na manhã desta quarta-feira (10).

De acordo com o g1, a administração do local informou que não havia ninguém no local no momento do incidente.

Barcos de resgate foram acionados para tentar conter a plataforma, mas a estrutura da Dejour Club seguiu pelo mar, onde partiu ao meio e naufragou próximo à Ilha das Cabras, no mar da Praia Central. A informação foi confirmada pela Marinha.

A plataforma que afundou tem cerca de 950 metros quadrados e foi construída para receber 700 pessoas. O local estava pronto e seria inaugurado após o fim do período de pesca. A estrutura ainda seria levada para a Barra Sul, local em que ficaria e onde as poitas seriam colocadas.

“Com passagem de um ciclone extratropical com chuva intensa e ventos fortes com a velocidade das rajadas ultrapassando 100km/h, que atinge o litoral de Santa Catarina, a estrutura da plataforma náutica se desprendeu e foi arrastada para alto mar na Praia Central”, informou o empreendimento ao g1.

Ainda segundo a empresa, a plataforma estava abrigada em águas calmas, às margens do canal da Barra Sul, mas não resistiu a força do vento e se soltou dos equipamentos que a prendiam.

Um inquérito foi aberto sobre o acidente tem previsão de conclusão de 90 dias.

Leia mais sobre Brasil em iBahia.com e siga o Portal no Google Notícias.

Veja também: