Brasil

Cantora gospel de 45 anos morre em decorrência da covid-19

Artista deixa um marido e três filhos

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

A cantora gospel Fabiana Anastácio, de 45 anos, morreu nesta quinta-feira (4),  em São Paulo (SP), em decorrência das complicações geradas pela covid-19  De acordo com informações que foram publicadas na redes sociais da artista, ela estava internada há mais uma semana após ter contraído o novo coronavírus.

Em maio, os familiares da cantora haviam realizado uma vaquinha online com o intuito de custear as despesas médicas da artistas. Até o momento, eles haviam arrecadado R$ 15 mil.

"Como igreja sabemos que quando um parte do corpo perece, todo corpo sente a dor ou, pelo menos, deveria sentir. A dor não escolhe cor, nem raça, nem status ou condição... ela simplesmente surge e traz suas consequências. Nesse momento nossa amiga/pastora/cantora Fabiana Anastácio precisa da nossa ajuda para combater o COVID-19, ela está internada no hospital com todos os cuidados necessários, mas com um custo alto para a família, ainda mais nesse momento de recesso de agendas e claro, com algo que ninguém esperava. Estamos todos juntos nessa causa, #SomosTodosFabiana", dizia o texto publicado na página do financiamento coletivo.


Fabiana é filho de um pastor de uma maestrina e canta desde dos 4 anos de idade. Ela deixa um marido, o pastor Rubens Nascimento, e três filhos.