Brasil

Homem diz de ter sido agredido por Henrique, da dupla com Juliano

Caso teria acontecido durante a festa de aniversário da cantora Marília Mendonça

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O técnico de aparelhos de ar-condicionado e aquecedor, Thiago Junior Martins Silva, afirma que foi agredido por Henrique, da dupla com Juliano, e por mais seis pessoas durante a festa de aniversário de Marília Mendonça. O caso aconteceu na manhã desta terça-feira (24), em Goiânia. As informações são do G1 Goiás.

Foto: Divulgação
A situação ocorreu no fim da festa, por volta das 06h. De acordo com Tiago, ele estava trabalhando no evento e era responsável pelos aquecedores e relatou que, quando estava próximo da dupla, retirou o celular para verificar o horário.

Logo em seguida, um homem que estava vestido 'estilo country' o abordou (não se sabe se é segurança ou convidado) e questionou se Tiago estava filmando a festa. A vítima negou. Depois, a mesma pessoa retornou na companhia de um homem barbudo. A partir daí, as agressões começaram.  

“Fui abrir a galeria de fotos, um deles tomou o celular da minha mão, me desferiu um soco na boca. Apareceu o Henrique que, ao invés de apartar, me enforcou com muita força, deu soco na cara, passou a mão no meu rosto, me mostrou o sangue e me chamou de otário", contou a vítima ao G1 Goiás.
Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal
Ainda segundo Tiago, apareceram mais quatro pessoas que também o agrediram com socos e pontapés, mas um outro homem interveio, o tirou da festa e lhe entregou o celular.

Tiago chegou sair com o seu carro, mas o veículo não deu partida e ele fugiu pelo matagal até a delegacia, pois ele conhecia a região. O técnico contou também que no dia seguinte, quando foi buscar o veículo, o vidro do passageiro e o retrovisor estavam quebrados e os pneus estavam furados.

Investigação
Segundo o delegado do caso, Elton Diogo Fonseca, Tiago registrou o caso no
14º Distrito Policial e afirmou que o jovem apresentava lesões.

Ele foi submetido a exame médico que constatou sinais de lesão na boca e no nariz, mas ainda não tem comprovação que, realmente, as lesões na face ocorreram na festa”, explicou ao portal G1.

“Serão realizadas oitivas das pessoas que estavam no evento, como o cantor Henrique, para, se for o caso, individualizar as condutas. Constatada a lesão, o indiciamento por lesão corporal”, complementou o delegado.


Posicionamentos
A assessoria da imprensa da dupla Henrique e Juliano enviou uma nota ao G1 e informou que "apura as informações e tenta contato com o Henrique, que está em estúdio, em processo de produção do novo trabalho da dupla".

Quanto a cantora Marília Mendonça, os assessores disseram que "ela só irá se pronunciar após os esclarecimentos do ocorrido".