Brasil

Najila quer processar Neymar por patrocinar prostituição

Caso será aberto na Justiça francesa

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

A modelo baiana Najila Trindade sinalizou o desejo de processar Neymar na Justiça francesa por transporte de mulheres para fins sexuais. As informações são do programa Fofocalizando, do SBT.

Foto: Reprodução

O advogado de Najila, Cosme dos Santos, confirmou a informação de que o processo será aberto na justiça francesa. A assessoria do jogador brasileiro foi procurada pelo Fofocalizando, mas disse não ter recebido nenhuma notificação oficial.

Neymar foi acusado de estupro por Najila em 2019, mas não foi indiciado por falta de provas. No entanto, ele ainda é investigado pela divulgação de fotos íntimas da modelo que foram expostas na internet. O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) recomendou a absolvição do jogador, por entender que a exposição das fotos aconteceu para ele se defender da acusação de estupro.