Brasil

Neymar tem conversa particular com Tite após denúncia de estupro

De acordo com o site GE.com, o atacante da seleção chorou, desabafou e pediu para treinar

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O técnico Tite teve uma conversa em particular com Neymar antes do treino deste domingo (2) na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), após à denúncia de estupro feita contra o atacante.

Segundo o site globoesporte.com, Neymar chorou muito durante o diálogo e disse estar cansado de confusões, além de negar a acusação. O craque pôde desabafar por alguns minutos enquanto era escutado pacientemente por Tite. Por fim, pediu ao técnico para treinar junto com os companheiros, pois isso lhe faria bem.

Foto: Divulgação/Lucas Figueiredo/CBF

Esta foi a segunda conversa entre o treinador e o agora ex-capitão brasileiro desde que a seleção se concentrou em Teresópolis. Na primeira ocasião, Tite informou que Neymar não seria mais capitão do time após agredir um torcedor na final da Copa da França. Ele anunciou que a faixa agora pertence ao lateral Daniel Alves.

Em entrevista coletiva nesta segunda-feira (3), o técnico Tite fez questão de enfatizar a importância de seus diálogos em particular com o camisa 10.


"Eu tive duas conversas com ele, de cunho particular. Isso é meu e dele. Não tinha mais gente. Nós sabemos o que falamos, não tem meias-verdades. Como aconteceu em relação à capitania e a importância de ele estar agora focado ao trabalho", afirmou o treinador. Ele disse ainda que os seus diálogos com Neymar são “leais, verdadeiros e sinceros”.