Economia

Em terceiro bloqueio do ano, Governo trava mais R$6,7 bilhões do Orçamento 2022

Bloqueio deve atingir gastos não obrigatórios do governo, reduzindo verbas para custeio e investimento

Redação iBahia
22/07/2022 às 20h08

1 min de leitura
Foto: Reprodução

O Ministério da Economia anunciou nesta sexta-feira (22) um bloqueio adicional de R$ 6,74 bilhões no Orçamento do ano. A decisão reduz verbas destinadas aos ministérios.

Este é o terceiro corte deste ano. De acordo com o g1, a medida é adotada pelo governo para cumprir a regra do teto de gastos, que limita as despesas da União à inflação do ano anterior.

A informação do novo contingenciamento consta no “Relatório Bimestral Avaliação das Receitas e Despesas”, publicado em edição extra do “Diário Oficial da União”.

O documento em questão avalia se é necessário, por exemplo, um bloqueio de verba para cumprimento das regras fiscais. O novo bloqueio é necessário porque houve aumento na estimativa dos gastos obrigatórios sujeitos ao teto de gastos, mesmo que diante das arrecadações com impostos e contribuições.

Ainda segundo o Ministério, o bloqueio será feito nos gastos não obrigatórios. O governo pode cortar esses gastos para cumprir o teto, sendo este o dinheiro disponível para investimento e custeio da máquina pública.

Leia mais sobre Brasil em iBahia.com e Portal no Google Notícias.