Empresária de famosos, Tati Diniz morre de câncer, aos 44 anos


Foto: Reprodução / Instagram

Empresária de famosos, Tati Diniz morreu nesta quinta-feira (18), aos 44 anos, em decorrência do câncer, doença que foi diagnosticada há dois anos e meio. Ela deixa o marido, Hugo, e o filho Gabriel, de 15 anos. Nas redes sociais, ex-agenciados e amigos prestaram as últimas homenagens.

“Na nossa última conversa falamos sobre o tempo e o espaço serem uma ilusão. Logo hoje estou a milhares de quilômetros de distância da sua família, tia Fatima, Fla do Gabi que eu amo tanto e queria abraça-los forte, mas de você não me sinto longe. Ontem trocamos mensagem, falamos que nos amávamos, e amor não acaba assim quando o corpo se despede, ele expande ao se libertar da densidade. Obrigada por TUDO o que você representa na nossa vida, na minha história profissional, no meu casamento, nas histórias mais engraçadas que temos juntas. Você encantou esse plano, Tati. Honrarei a vida e cada segundo que me concederem aqui pois assim você fez. Te amo”, disse Rafa Brites.

Tati gerenciou a carreira de famosos como Felipe Andreoli, Rafa Brites e Tatá Werneck, quando eles ainda estavam no início da carreira. Atualmente, era sócia de uma empresa com o irmão de Rodrigo Faro. No casting, o apresentador Rodrigo Faro, Evaristo Costa, Tiago Oliveira, entre outros.

“Quando eu estava na MTV eu acreditava mto pouco em mim. Eu tinha medo de tudo. Você veio com sua força, sabedoria e fé e se tornou minha empresária. Olhar pra você me acalmava. Porque você acreditava em mim. Sua fé nunca esteve em questão. Mesmo passando por todas as dificuldades que passou, nunca te vi reclamar. Eram só palavras de esperança. Hoje foi a primeira vez que você disse “amiga, está difícil”. Você teve ao seu lado amigas que te amam. Seu filho que te ama. Hugo seu amor que te ama. Seus pais tão incríveis. Sua irmã que a irmã mais incrível do mundo. Até seu ex marido te ama. Todo mundo te ama. E esse amor JAMAIS mudará. Eu te agradeço por tudo, minha amiga. Seus pais, seu filho e sua irmã foram incansáveis. Assim como você. Que Deus, Jesus, Nossa Senhora estejam te recebendo de braços abertos numa grande festa. Sei que a Tati não precisa de um post nesse momento. Mas essa é uma homenagem à família dela, e a uma das minhas melhores amigas que hoje se tornou fiel escudeira dos anjos mais lindos”, disse Tatá Werneck.

“Minha amiga, eu nem sei o que falar direito. Afinal, todo mundo te conheceu como a grande empresária de artistas que voce de tornou. Só que eu te conheci com 5 anos, lá em Franca, nossas mães eram amigas… e assim voce virou minha irmã. Você, a advogada da MTV, resolveu ser empresária bem no momento em que o CQC explodiu e eu descobri que precisaria de alguém pra cuidar das minhas coisas. Fui seu primeiro cliente. Que sorte a minha. Te escolhi por seu caráter, dignidade, honestidade, simpatia e porque eu não confiaria em ninguém de olhos fechados como sempre confiei em você. E você se tornou uma grande realizadora de sonhos. Sonhos da sua família, os meus, o sonho dos seus artistas, sonhos de gente que nunca ousou sonhar. Você ajudou a realizar. Certamente realizou alguns dos seus também. Quis Deus te levar pra companhia dele antes do nosso tempo aqui, o tempo dos humanos. Eu espero que ele tenha os motivos dele. Porque aqui a gente vai sentir muito a sua falta. A gente vai viver e honrar a cada minuto a alegria e o amor que você irradiava pra quem teve o privilégio de te conhecer. Te amo muito minha irmã. Para sempre”, disse Andreoli.

Desde que foi diagnosticada com o câncer, Tati Diniz buscou se associar a causas que incentivavam o tratamento, assim como procurou ouvir depoimentos com histórias de sucesso de recuperação. Com o instituto Vencer o câncer criou o projeto “Espelho meu”, em que buscava falar de cuidados com a doença e de como lidar com efeitos colateriais.

“Muitas vezes, por conta dos efeitos colaterais de tratamentos, como quimioterapia e radioterapia, pacientes passam por um processo de não reconhecimento no espelho. A proposta é trazer a estética como aliada ao tratamento e ferramenta de estímulo à autoestima tão abalada nessa dura jornada. A ideia é mostrar que o fato de estar doente, não significa se ver doente. É sobre vida, sobre como poder se cuidar. É ajudar pacientes a se levantar e enfrentar a doença se olhando no espelho. ‘Espelho meu’ quer mostrar que, mesmo durante o tratamento, é possível se cuidar e encontrar formas de se sentir bonita, atraente e feliz. Queremos trazer a força e encorajamento para enfrentar medos, dúvidas, receios. Buscamos apresentar informações, técnicas, produtos, serviços e especialistas em tratamentos estéticos que ajudem a melhorar a autoestima. Vamos criar, implementar e apresentar ações para levantar a autoestima de pacientes com câncer para que tenham forças para lutar e não vergonha ou constrangimento com sua aparência. É um olhar carinhoso para quem tem a vida devastada com uma doença que tira o chão e muda fisicamente e emocionalmente. É um olhar positivo para técnicas, serviços e produtos disponíveis, somado a profissionais qualificados que representem a diferença na vida de pacientes oncológicos. ‘Espelho Meu’ é um espelho do amor, trazendo a beleza que fortalece pacientes com câncer”, disse na apresentação do projeto.

O velório será realizado no Funeral home, em São Paulo, nesta quinta-feira (18).

“Hoje é um dia triste de despedida, mas vamos inundar aquela sala de amor, como ela era muito amada de verdade. As dores acabaram amiga querida, agora descanse e tenha a certeza que o que você plantou aqui, antes de sua partida, você conseguiu. Você mudou a vida de todos ao seu lado e você nos fez ter mais fé na vida e nas adversidades que a mesma nos impõe. Ainda hoje quero falar de você minha amiga! Te amo! Estaremos juntos sempre!”, disse o sócio Danilo Faro.

Leia mais sobre Brasil em iBahia.com e siga o Portal no Google Notícias.

Veja também: