Brasil

Lutador de MMA invade casa da ex e agride casal de amigos

"Ele invadiu minha casa para me matar, a sorte é que eu estava com um casal de amigos", desabafou a ex do lutador

Redação iBahia
11/05/2016 às 17h24

3 min de leitura
O lutador de MMA Deroci Barbosa, 25, foi preso na noite de domingo (8), em Rio Branco, no Acre, após invadir a casa da ex-namorada, Miliane Silva, 31, e tentar agredi-la.

De acordo com informações do ‘G1’, Barbosa arrombou a porta da casa da ex e tentou bater nela, mas foi contido por um casal que estava hospedado na casa de Miliane. Os dois têm um filho de 10 meses juntos.

Segundo Miliane, os dois terminaram há dois meses e já havia uma quantidade de tempo em que não se viam. “Ele invadiu minha casa para me matar, a sorte é que eu estava com um casal de amigos hospedados lá em casa. Quando ele estava arrombando a porta do meu quarto, minha amiga disse para ele não fazer aquilo e, aí, ele foi para o quarto onde eles estavam e começou a agressão contra os meus amigos”, relatou Miliane ao ‘G1’.

A amiga de Miliane, Pamela Alves, 26, teve o nariz quebrado por conta das agressões. Ela precisou levar três pontos no nariz e o namorado ficou com o supercílio esquerdo cortado. Enquanto o lutador agredia o casal, Miliane pegou o filho de 10 meses e fugiu para a casa de uma vizinha.

Foto:Reprodução

“Pedi pelo amor de Deus que não fizesse nada contra a gente. Implorei para que parasse. Ele entrou no quarto, acendeu a luz e veio para cima. Ainda perguntou se eu ia chamar a polícia e me chamou de ‘puta'”, contou Pamela ao ‘G1’. Ela e o namorado fizeram exame de corpo de delito na segunda-feira (9).Versão do lutador
Em nota, Barbosa se defendeu e disse que o namorado de Pamela teria o ameaçado e por esse motivo iniciou a briga. “Foi quando um rapaz, que também estava na residência, passou a me agredir com palavras e me ameaçou, dizendo que é militar e que ia pegar uma arma. Quando ele pegou uma mochila, numa forma de me defender, com medo dele estar mesmo armado, o agarrarei e iniciamos uma luta corporal”, disse por meio de nota.

Foto:Reprodução

Ele já tinha se posicionado sobre o caso na terça-feira (10), quando afirmou que tinha ido à casa da ex-namorada para cuidar do filho.

Correio24horas