Margareth Menezes é cotada para o Ministério da Cultura no governo Lula


Margareth Menezes
Foto: Tácio Moreira

Margareth Menezes é cotada para assumir o Ministério da Cultura no terceiro gorverno de Lula, que se inicia no dia 1º de janeiro. A informação é do blog de Andréia Sadi, do g1.

Janja, esposa de Lula, é uma das principais defensoras do nome da cantora baiana na pasta, ainda segundo o blog. Além de Margareth, nomes como os atores Lázaro Ramos e Marieta Severo e do rapper Emicida foram cogitados.

Margareth é uma das principais artistas da Bahia, com mais de 10 álbuns lançados, várias indicações ao Grammy e fez mais de 20 turnês internacionais.

A cantora fundou, em 2004, junto com moradores do bairro da Ribeira, em Salvador, a Associação Fábrica Cultural, de combate ao trabalho infantil, exploração sexual e outras violações de direitos.

Margareth deve estar presente na posse de Lula, ao lado de outros artistas como Paulinho da Viola, Pabllo Vitar, Duda Beat, entre outros.

Anteriormente, o nome de Daniela Mercury, também baiana, havia sido especulada no ministério da Cultura. À época, em entrevista ao iBahia, ela disse que não poderia falar sobre o assunto.

“Eu não vou poder falar sobre esse assunto até que alguma coisa aconteça de mais concreta. A gente tá há dois meses, né? Tão fazendo uma transição, (Geraldo) Alckmin ontem chegou lá em Brasília, né? Então eu espero que a transição aconteça da forma mais respeitosa com o povo brasileiro e as coisas vão se definir ao longo do tempo”, explicou no dia 4 de novembro.

Leia mais sobre Brasil no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias.