Novo RG terá número unificado e QR code; veja mudanças


Foto: Divulgação

A nova carteira de identidade no Brasil terá QR code e número unificado. As mudanças foram anunciadas pelo governo federal e divulgadas no Diário Oficial da União, em 23 de fevereiro. As secretarias de Segurança Pública de cada estado e do Distrito Federal têm até março de 2023 para estarem aptas a emitir o novo RG.

Veja o que muda com o novo documento:

O novo RG trará uma identificação única por meio do CPF para todo país e poderá ser consultado de forma digital, pela internet. 

Com esse documento, a numeração será única e a autenticidade poderá ser checada por QR code, mesmo de forma offline. Ou seja, apenas o CPF será considerado. 

A nova carteira de identidade poderá ser considerada também um documento de viagem, já que vai entrar no padrão. O RG terá MRZ (Machine Readable Zone), o mesmo que consta nos passaportes, e poderá ser lido por equipamentos.

No entanto, ele deve ser válido apenas em viagens internacionais a países do Mercosul. Portanto, o passaporte ainda se faz necessário.

Como solicitar o novo documento?

Cada secretaria de Segurança Pública dos estados e do Distrito Federal são responsáveis pela disponibilização do novo RG. 

Na Bahia, o documento é expedido pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) através do Instituto de Identificação Pedro Mello (IIPM), unidade do DPT. Para obter 2ª ou demais vias da carteira de identidade, o cidadão deve marcar agendamento em alguma unidade do SAC.

O DTP informou ainda que não há previsão de quando o novo formato será implementado na Bahia. O Governo Federal estipulou que secretarias estaduais têm até 3 de março de 2023 para implementar sistema. 

O RG atual continua valendo por até 10 anos para população de até 60 anos. Para quem tem mais de 60 aos, o documento ainda será aceito "por prazo indeterminado".

O que é preciso para expedição do novo RG?

Para o cidadão obter a nova identidade, deverá apresentar a certidão de nascimento ou de casamento em formato físico ou digital. O documento será expedido em papel de segurança ou em cartão de policarbonato (plástico), além do formato digital.

O que consta na nova carteira de identidade?

Foto: Divulgação
  1. Armas da República Federativa do Brasil, a inscrição "República Federativa do Brasil" e a inscrição "Governo Federal";
  2. Identificação do ente federativo que a expediu;
  3. Identificação do órgão expedidor;
  4. Número do registro geral nacional;
  5. Nome, a filiação, o sexo, a nacionalidade, o local e a data de nascimento do titular;
  6. Número único da matrícula de nascimento ou de casamento do titular ou, se não houver, de forma resumida, a comarca, o cartório, o livro, a folha e o número do registro de nascimento ou casamento;
  7. Fotografia, em proporção que observe o formato 3×4 cm, de acordo com o padrão da Organização Internacional da Aviação Civil (OACI), a assinatura e a impressão digital do polegar direito do titular;
  8. Assinatura do dirigente do órgão expedidor;
  9. Expressão "Válida em todo o território nacional";
  10. Data de validade, o local e a data de expedição do documento;
  11. Código de barras bidimensional no padrão QR Code;
  12. Zona de leitura mecânica, de acordo com o padrão estabelecido pela OACI.

Leia mais sobre Brasil em iBahia.com e siga o Portal no Google Notícias