Menu Lateral Menu Lateral
iBahia > brasil
CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Whatsapp Whatsapp
Racismo

Racismo contra Vini Jr é abjeto, diz ministra substituta do MRE

Embaixadora destacou a recorrência dos atos contra o atleta

Agência Brasil • 22/05/2023 às 12:41 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

				
					Racismo contra Vini Jr é abjeto, diz ministra substituta do MRE
Foto: Pablo Morano

A ministra das Relações Exteriores substituta, a embaixadora Maria Laura da Rocha, considerou abjetos os atos de racismo contra o jogador de futebol brasileiro Vini Jr, atacante do clube espanhol Real Madrid, ocorridos nesse domingo (21).

A embaixadora destacou a recorrência dos atos de racismo. "Espanta a persistência dos crimes que são cometidos contra o atleta brasileiro, contra todos os afrodescendentes, e sim, contra toda a humanidade a cada cântico e a cada gesto racista lançado contra o jogador".

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Leia mais:

A declaração foi dada pela embaixadora Maria Laura nesta segunda-feira (22), durante a abertura do seminário Brasil-África: relançando parcerias, no Palácio Itamaraty, em Brasília. O evento faz parte das comemorações do Dia da África, na próxima quinta-feira (25).

Sobre a expulsão do jogador brasileiro ao se envolver em uma confusão generalizada em campo, durante o jogo entre os times espanhóis Real Madrid e Valência, no Estádio Mestalla, a ministra do MRE substituta lamentou o ocorrido a uma plateia formada, sobretudo, por representantes de países africanos. "Ontem, na partida, Vinícius Junior levou um cartão vermelho por não ter aguentado tudo aquilo. Lamento muitíssimo".

"O cartão vermelho deve ser dado ao racismo", acrescentou.

Desde o ocorrido, o atleta tem recebido apoio de autoridades do Brasil, personalidades do esporte e colegas do clube espanhol.

Em nota, a LaLiga, liga de futebol profissional de clubes da Espanha, informou que solicitou todas as imagens disponíveis para investigar o ocorrido. "Concluída a investigação, caso seja detectado um crime de ódio, a LaLiga passará a tomar as medidas legais cabíveis".

Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM BRASIL :

Ver mais em Brasil