Santa Catarina

Treinador de vôlei é preso suspeito de abusos sexuais

André havia sido afastado previamente pela prefeitura desde as primeiras denúncias, que começaram em maio

Redação iBahia
05/08/2022 às 15h38

2 min de leitura
André Testa foi árbitro de rede nas Olimpíadas do Rio / Foto: Reprodução

O treinador de vôleio André Testa foi preso na tarde de quinta-feira (4) pela Polícia Civil de Santa Catarina. Ele é suspeito de abusar sexualmente de jovens jogadores quando atuava em uma assoação desportiva de São José, na Grande Florianópolis, que recebe dinheiro público da prefeitura.

André havia sido afastado previamente pela prefeitura desde as primeiras denúncias, que começaram em maio. Uma das vítimas, atualmente maior de idade, procurou a Polícia Civil para relatar um abuso de 2017, quando tinha 15 anos.

De acordo com o g1 Santa Catarina, a vítima relatou que na época não entendia a situação. “Ele me levou para a casa dele e lá ele começou a passar a mão em mim essas coisas e tal. Enfim, eu não tinha malícia na época porque eu tinha muita confiança nele, era uma pessoa muito persuasiva, sabe, ele ganha muito a tua confiança e ele acabou abusando de mim”, relatou.

“Eu não estava, como eu posso dizer, eu não estava entendendo direito essa situação. Foi a minha primeira vez, eu era virgem na época”, completou.

Em nota ao portal, a defesa de Testa avaliou a prisão preventiva como “inoportuna, desnecessária e ilegal” e afirmou que ele é inocente.

“André é inocente e não são procedentes as imputações. Conforme se comprovará no transcorrer do processo, há denuncismo de viés vingativo. Todas as informações colhidas até o presente momento foram produzidas sem que fosse oportunizado o direito ao contraditório”, diz nota da defesa, assinada pelos advogados Leandro Henrique Martendal e Marlon Charles Bertol.

Leia mais sobre Brasil no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias