Diversidade sexual é tema de mostra de Cinema


Elvis e Madona integram a Mostra ‘Possíveis Sexualidades’

Com o objetivo de ampliar o diálogo sobre a diversidade sexual, a Caixa Cultural recebe a 4ª Mostra Possíveis Sexualidades a partir do próximo dia 29. Iniciando a programação com a exibição de cinco curtas nacionais (A mais forte, Amanda e Monick, As fugitivas, O bolo e Um par a outro), o evento promove ainda sessões de filmes, encontros com diretores e debates. Nesta edição, o tema central da mostra é o combate a homofobia.Curador do evento, o professor universitário Rodrigo Barreto, ressalta que a crescente violência dirigida a gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros deve ser combatida e que chegar a quarta edição de um evento que luta contra a discriminação é uma vitória. ‘Tudo isso só reafirma o investimento duplo da mostra: seu propósito artístico-cultural associado à intenção de contribuir para a inclusão da comunidade LGBT’, explica.’Possíveis Sexualidades’ traz para a capital baiana filmes premiados que tematizam a diversidade sexual. São 35 obras, entre curtas e longas-metragens. Dentre elas, se destacam ‘Um Quarto em Roma’ (2010), do espanhol Julio Medem e ‘O Último Verão de La Boyita’ (2009), dirigido pela argentina Julia Solomonoff. ‘Não gosto dos meninos’ (2011), de André Matarazzo e Gustavo Ferri, e ‘Elvis e Madona’ (2010), de Marcelo Laffitte, são alguns dos longas nacionais que integram a mostra. A 4ª Mostra Possíveis Sexualidades terá programação também em outros espaços da capital baiana. De 26 a 28 de maio, acontecem atividades em três pontos de encontro. Na quinta, dia 26, a partir de 22 horas, no Restaurante Me Gusta (Rio Vermelho). Na sexta, dia 27, às 23 horas, a Festa Benditas na boate San Sebastian (Rio Vermelho) e no sábado, dia 28, às 23 horas, a Festa Top Top no Tattoo Music Hall (Rio Vermelho). A programação completa está disponível no blog www.possiveissexualidades.wordpress.com