Sem autoconfiança? Veja porque essa é uma habilidade bastante valorizada pelas empresas e como adquiri-lá


Esse é um tema recorrente nas minhas consultorias e treinamentos com profissionais das mais diversas áreas. Falar sobre essa habilidade é fácil e é óbvia a sua necessidade para as conquistas durante a nossa carreira. Mas como despertá-la e fazer a sua manutenção?

Na nossa jornada profissional é até normal acontecer momentos de insegurança, mas quando ela se torna uma constante a gente acaba perdendo oportunidades. Frustrações, decepções e surpresas fazem parte da nossa trajetória. E em muitas dessas situações ficamos frágeis, quase incapazes para uma tomada de decisão. Eu disse QUASE! Porque a autoconfiança é uma habilidade viável para todos nós, mas a sua construção e manutenção é muito particular, varia de pessoa para pessoa.

Foto: Reprodução

Temos que acionar outras habilidades que alicerçam a autoconfiança, duas bastante importantes são a resiliência e a inteligência emocional. Ambas muito requisitadas e avaliadas por empresas na hora de uma contratação ou promoção. Mas não espere por um desafio, para entender a necessidade da autoconfiança. Sim, isso depende de você. Afinal, a gente conhece aquela máxima, né: se você não acredita que você é capaz, quem vai acreditar?

Então preste atenção nessas 05 dicas para AUTOCONFIANÇA:

  • 01 – Quando receber um elogio, aceite, agradeça. Esqueça aquele costume que temos em dizer: “ah imagina. O que é isso? Não precisa exagerar.”
  • 02 – Para criar autoconfiança, você tem que desafiar a si mesmo(a). Aquilo que você vem adiando, achando que não é capaz, dê um prazo para que você entre em ação e realize.  
  • 03 – Mapeie as suas conquistas. Aproprie-se dos resultados que você produziu e produz com as suas escolhas e ações. Isso vai lhe ajudar a se posicionar de forma mais assertiva profissionalmente.
  • 04 – Não adianta insistir naquilo que você já sabe que não vai dar certo. Aliás, dar murro em ponta de faca não leva a gente a lugar algum e isso você já sabe. Aposte em atividades físicas, músicas, leitura, amigos e gatilhos que colocam você pra cima. O desenvolvimento da autoconfiança é uma construção e isso está ligado a hábitos cotidianos.  
  • 05 – Ah! Importantíssimo! Afaste-se daquelas pessoas que se empenham em alimentar a sua insegurança. Sabe aquelas pessoas que sempre gostam de colocar você pra baixo? Pois é, elas minam a sua autoestima.

A construção e manutenção da autoconfiança são mais do que pensar positivo, é também, agir positivamente. A grama do vizinho parece mais verde que a sua? Pare de se comparar e se colocar pra baixo. Vire a chave e procure por pessoas e atividades que lhe despertem inspiração. Isso faz toda a diferença.

Leia mais sobre Gestão e Carreira no ibahia.com e siga o portal no Google Notícias

Veja também: