iBahia sobre Rodas

Manual do proprietário: descubra qual a importância de ler antes de sair com o veículo

Livreto contém informações básicas para o bom funcionamento e manutenção do veículo.

Fabio Cota
22/05/2022 às 9h00

3 min de leitura

O brasileiro, em geral, não tem o costume de ler o manual do proprietário, item importante que acompanha o veículo quando é adquirido zero quilômetro na concessionária. Nele, existem informações básicas para o bom funcionamento e manutenção do veículo. E pensando nisso, a seguir, darei algumas dicas específicas de cada montadora, sempre baseadas no manual.

  • Item de segurança, sistema de freios precisa de cuidados especiais.

Jogos de pastilhas e discos devem ser sempre checados e substituídos de acordo com o manual do proprietário do fabricante. Nos carros com câmbio automático, o cuidado deve ser redobrado, pois o sistema de freio é exigido por mais tempo do que nos equipados com câmbio manual.

E pra quem tem dúvida, o óleo lubrificante do freio, deve ser substituído também de acordo com o manual. Para os carros equipados com o sistema ABS, os cuidados devem ser mais detalhados. Geralmente são necessárias ferramentas específicas para realizar manutenção e substituição dos componentes hidráulicos e eletrônicos.

  • Para preservar, principalmente a saúde dos ocupantes, faça higienização no sistema do ar condicionado

Assim como os aparelhos da sua casa ou do local de trabalho, o ar condicionado do seu carro deve ser sempre higienizado. Para muitos, pode parecer coisa fútil, mas lembre-se; você respira o ar que vem do aparelho o tempo todo, dentro do carro. Poeira, bactérias e outro agentes podem prejudicar a saúde dos ocupantes.

Para evitar esses problemas, o processo é simples. Consulte no manual do proprietário, o tempo ou a quilometragem que o filtro do ar condicionado deve ser trocado. Para os carros fora do período de garantia, alguns postos de troca de óleo, costumam fazer esse serviço.

É sempre bom dar uma pesquisada e preservar a sua saúde e da sua família.

  • Fique de olho nos faróis

Os faróis do carro também precisam passar por manutenção. O ideal é que passem por uma revisão, em média, a cada 10 mil ou 20 mil quilômetros. Os especialistas vão analisar a situação da lente e o alinhamento da luz. Você, em casa, pode fazer um teste. Coloque o carro em um local de frente para uma parede, a cerca de cinco metros de distância. Se uma luz estiver mais alta do que outra, eles estão desregulados.

O recomendado é levar em uma empresa especializada para serem feitos também os testes de angulações. É bom lembrar que a depender do fabricante, existem recursos diferentes para fazer o procedimento.

Leia mais sobre iBahia sobre Rodas no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias