Lázaro Ramos é pai de primeira viagem em ‘Papai é pop’


Foto: Divulgação

Vi e amei o novo filme que traz Lázaro Ramos como protagonista, ao lado de Paola Oliveira e Elisa Lucinda. “Papai é pop” é sobre a experiência ou falta de experiência de um pai estreante. Aborda um assunto delicado: a paternidade e suas complexidades. Nós, mulheres, somos preparadas a vida inteira pra ser mães em todos os aspectos, já os homens… Abordar o tema era um desejo do ator, pai na vida real de Antônia e João. Segundo Lázaro, em entrevista exclusiva pra nossa coluna, ele afirmou ter cometido equívocos como pai de primeira viagem e ter aprendido muito com o filme.

No elenco, Lázaro Ramos é Tom, casado com Paolla Oliveira, a advogada Elisa. Eles são os pais da bebê Laura. Já a atriz Elisa Lucinda, faz a jornalista Gladys, mãe de Lázaro no filme, uma mulher que criou Tom sozinha. O casal Elisa e Tom enfrenta crises com o nascimento de laura e a nova rotina. A sogra sempre muito lúcida, intermedia a relação do casal. Enfim, tudo dá certo no final.

Ah! já falei demais. Vão ver o filme, vocês vão dar altas gargalhadas e se identificar com as cenas e situações em vários momentos. Eu vou ver outra vez! O filme será lançado em todo o Brasil na véspera do dia dos Pais, dia 11 de agosto. Eu recomendo! Parabéns a todo o elenco e à produção pela temática discutida no filme.

DUDU NOBRE CONVIDA NELSON RUFINO PARA COMPOR PRA MANGUEIRA 

Foto: Divulgação

Nelson Rufino foi convidado por Dudu Nobre a integrar um grupo de compositores mangueirenses que vão escrever um dos sambas-enredo que concorrem para o desfile da Estação Primeira de Mangueira em 2023. Além de Dudu, nosso sambista também vai se juntar a Arlindinho Cruz, Rute Labre e Gustavo Clarão. Time de responsa! 

Duas chaves concorrem para a criação do samba-enredo. A verde e a rosa. O grupo de Rufino se apresenta dia 27 de agosto. Vamos torcer! O enredo da Mangueira para o carnaval de 2023 é “As Áfricas que a Bahia Canta”. Aqui na Bahia, Nelson foi da ala de compositores da Escola de Samba Filhos do Tororó. O menino que sonhava em ser jogador de futebol se acertou com a música. Entre os seus maiores sucessos estão “Cadê meu amor”, “Mel pra minha flor”, “Verdade”, dentre outras. 

Para Rufino, o convite soou como um presente de aniversário, já que o cantor e compositor baiano completa em setembro seus 80 anos. 

OLODUM NA COPA DO CATAR

Já está confirmado o primeiro ensaio para a Copa Torcida Brasil Olodum. Será numa data marcante, o 11 de setembro, no Largo da Tieta, no Pelourinho. A ordem é comemorar, vibrar e torcer pela nossa seleção. Nesta Copa, o primeiro jogo do Brasil é contra a Sérvia, dia 24 de novembro. Antes disso, os torcedores baianos “empurram a seleção”. 

Essa festança dos tambores misturada com o futebol começou em 1990, portanto há 32 anos, a pedido do comentarista da Rede Globo, Galvão Bueno.  Foi ele quem afirmou  “o Olodum toca para os torcedores, empurrando a seleção”. Se depender da animação do Olodum, o torcedor baiano não vai ficar parado.

REVOLTA DOS BÚZIOS NO AGOSTO DA IGUALDADE

Próximo sábado, dia 13 de agosto, a Escola Olodum vai realizar uma aula pública para contar a história da Revolta dos Búzios que também ficou conhecida como a Revolta dos Alfaiates. Foi uma das maiores e mais importantes revoltas do Brasil, ocorrida aqui na Bahia, em 1798. O movimento emancipacionista foi orquestrado por negros, tanto escravizados quanto libertos, trabalhadores pobres e alguns membros das elites brancas liberais, muitos deles alfaiates, por isso ficou assim conhecido. 

Em homenagem a data, os alunos da Escola Olodum vão desfilar pelas ruas do Pelourinho. O cortejo sairá às 15 horas, da Rua Alaíde do Feijão. Um ótimo programa para um sábado, precisamos conhecer a nossa história. Salve os líderes: João de Deus, Lucas Dantas, Manuel Faustino e Luís Gonzaga.

Leia mais sobre Ópraí Wanda Chase no ibahia.com e siga o portal no Google Notícias

Veja também: