Menu Lateral Menu Lateral
iBahia > colunistas > ópraí wanda chase
CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Resgate da Tradição

Samba Junino fará parte do calendário oficial de Salvador

Anúncio foi feito pelo secretário municipal de Cultura e Turismo, Pedro Tourinho

Wanda Chase • 29/06/2023 às 17:45 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

				
					Samba Junino fará parte do calendário oficial de Salvador
Foto: By Beberes

O secretário municipal de Cultura e Turismo, Pedro Tourinho, já declarou: o samba junino faz parte do calendário oficial de Salvador. O titular da pasta afirmou que "entra no calendário oficial da Prefeitura de uma forma mais estruturada, porque esse ano - realizado no dia 25 de junho de 2023 - foi o primeiro nesse formato. Estávamos experimentando. Então, a ideia é que entre no calendário e se integre também com outras programações do samba junino que acontecem nas comunidades”.

A notícia foi recebida com alegria pelos fazedores de cultura, gente do povo. Domingo passado, centenas de pessoas desfilaram na área do Dique do Tororó, promovendo um grande espetáculo no ritmo do samba duro. Depois do cortejo, Tatau, Ninha, Bambam e Tonho Matéria se apresentaram em um palco armado defronte à Arena Fonte Nova, festejando, como nos velhos tempos. Sucesso absoluto!! Parabéns a todos. Foi tudo na paz. As pessoas estavam ali para se divertir. Só alegria.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Leia mais:

Vai aqui nossa homenagem aos percussionistas, os bambas do samba duro, jovens que saíram dos terreiros de candomblé, onde o ritmo se originou e levaram pra ruas celebrando a cultura. Como disse Caetano Veloso: gente é pra brilhar. E salve, Gilvã, Cabo Del, Gilson Banana, Leo Bit Bit, Prego Duro, Tonho Pequeno, Careca, outros e mais outros jovens que arrastaram multidões por essa Salvador, da Bahia. Grandes estrelas das décadas de 70 e 80, o auge do samba duro.

Um desses jovens foi Cabo Del. Ele nasceu e foi criado no bairro Garcia, amigo de infância dos filhos do saudoso sambista Riachão, que também morou no bairro. Já imaginou o que deu, né ? “Aprendi a tocar na rua, não tenho formação acadêmica, sou um autodidata. Meu mestre, meu professor é um ancestral.”


				
					Samba Junino fará parte do calendário oficial de Salvador
Samba Junino Skorpio e Iuri Passos, Professor de Percussão. Foto: Gilvã | Iuri Passos

Para o produtor e arranjador musical, Iuri Assis, nascido e criado no Terreiro de Mãe Menininha do Gantois e hoje professor de percussão da UFBA, "o samba junino causou uma revolução, com seu ritmo, estética, gerando empregos, complementando rendas.“

Hoje temos vários grupos influenciados pelo samba junino e esse ritmo tão contagiante, que é o samba duro. O Psirico é um deles e tem toda essa vertente que sai de dentro do candomblé e ganha o mundo com toda essa importância, que vem do samba duro. Também não podemos esquecer de um movimento que surge na década de 90, que é o nascimento da Timbalada. Até ano que vem, nosso desejo é que surjam outros grupos pra manter a tradição.

MULHERES NO BICENTENÁRIO DA INDEPENDÊNCIA

A Fundação Gregório de Mattos vai realizar de 05 a 07 de julho, no Teatro Gregório de Mattos, a IV Jornada do Patrimônio, tendo como tema o Bicentenário da Independência. No dia 05, às 16h, a mesa vai debater a participação feminina nas lutas pela Independência.

ENCONTRO PERCUSSIVO NO DIQUE DO TORORÓ

Taí um bom programa para quem gosta de música. O Grupo Reis da Percussão convida os profissionais da área para um encontro no dia 8, às 14h, no Dique do Tororó. Leve seu instrumento e está tudo certo. Bom programa !!!


				
					Samba Junino fará parte do calendário oficial de Salvador
iBahia
Imagem ilustrativa da coluna ÓPRAÍ WANDA CHASE
Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM ÓPRAÍ WANDA CHASE :

Ver mais em Ópraí Wanda Chase