Vem aí o filme ‘Ó Paí, Ó 2’ com o Bando do Teatro Olodum; veja novidades no elenco


Esta semana, Monique Gardenberg, Elisio Lopes e Daniel Arcadis estiveram em Salvador finalizando o roteiro de “Ó Paí, Ó 2”. Os atores serão praticamente os mesmos do primeiro filme, mas o roteiro está sendo modificado.

Dira Paes, atriz convidada, segue no elenco. Entretando os atores Wagner Moura e Lázaro Ramos não devem participar do segundo filme devido a outros compromissos na agenda. Entre as novidades previstas no elenco estão o ator Ícaro Silva, que interpreta o personagem bilionário Leonardo Gusmão; e a atriz estreante, Clara Buarque, filha de Carlinhos Brown e de Helena Buarque de Holanda, que promete brilhar nas telonas.

Lazzo Matumbi e Sine Calmon (Fotos: Divulgação)

Lazzo Matumbi e Sine Calmon disputarão vaga no legislativo

Dois nomes da música baiana vão disputar uma vaga no legislativo. Lazzo Matumbi, filiado ao partido Rede Sustentabilidade, e Sine Calmon, filiado ao PSOL, são pré-candidatos a deputado federal.  

Escritores baianos ganham destaque no cenário nacional e são confirmados na Bienal do Livro de São Paulo

Começa neste sábado, dia 02, e vai até 10 de julho, a Bienal do Livro de São Paulo. O evento vai reunir, no Expo Center Norte, leitores e autores em conversas e debates. Enquanto aguardamos com expectativa a Bienal da Bahia, nossos escritores também estarão marcando presença na capital paulista.

Além de nomes como Lázaro Ramos e Itamar Vieira Júnior, estarão também marcando presença Deko Lipe, Elayne Baeta, Andreza Delgado, Bárbara Sá, o cantor e compositor Xangai e Elizandra Souza, que nasceu em São Paulo, mas foi criada na terra natal de seus pais, Nova Soure, no interior baiano.

Ficou com curiosidadade? Então, veja abaixo a agenda que preparamos para você acompanhar os baianos na Bienal de SP:

  • Bárbara Sá (@eibarbarasa): 02 de julho, ás 15h, bate-papo sobre Vilãs, no stand do Skeelo; dia 03 de julho, às 13h45, sessão de autógrafos “Garotas Resistem”, no stand Se Liga! Editorial; ainda no dia 03, às 15h, sessão de autógrafos de “Lovaholics”, no stand PS dois pontos.
  • Deko Lipe (@primeiraorelha): 03 de julho, sessão de autógrafos no domingo, 03 de julho, no estande da sua editora, PS Edições
  • Elayne Baeta (@elaynebaeta): 03 de julho, às 17h30, na Arena Cultural, falando sobre “ Personagens LGBTs em Diferentes gêneros Literários” , ao lado de Stefano Volp, Giu Domingues, Maria Freitas (Cadê LGBT).
  • Lázaro Ramos (@olazaroramos): 04 de julho, Encontro com Lázaro Ramos, às 15h na Arena Cultural
  • Andreza Delgado (@andrezadelgado_) e Elizandra Souza (@elizandra_mjiba): 08 de julho, às 10h, na Arena Cultural, no encontro “Meninas e Meninos Maluquinhos” ao lado de Cristino Wapichana, Load, Rafael Calça, Eliana Martins, Miriam “Mikannn” Castro, Fábio Yabu.
  • Xangai (@xangai.cantador): 08 de julho, 19h, show do cantor e compositor baiano no Espaço Cordel e Repente
Mestre Môa (Foto: Isabella Rudge)

Documentário vai contar história do Mestre Môa, assassinado em 2018 na Bahia

Uma produtora paulista está finalizando o filme “Môa, raiz afro mãe”, que conta a história do percussionista, artesão, educador e mestre de Capoeira Angola Môa do Katendê. Ele foi assassinado, em 8 de outubro de 2018 após uma discussão política; e ficou conhecido por rodar o Brasil e o mundo levando orgulhosamente na bagagem a cultura da Bahia.

Mestre Môa foi ainda fundador do famoso Afoxé Badauê, frequentado por vários artistas e o público em geral. Vale ressaltar que a homenagem ainda inclui um disco, gravado por jovens cantores que não tiveram a oportunidade de ouvir o compositor, entre eles Emicida e Criolo. Ansiosa para esses dois lançamentos!

Baiana Jô Queiroz é escolhida como curadora do enredo da Estação 1ª de Mangueira sobre a Bahia

A baiana Jô Queiroz, que mora há 20 anos na Suiça, foi escolhida como curadora do enredo da Escola de Samba Estação 1ª de Mangueira sobre a Bahia. Desta vez, ela retorna à Salvador junto com os carnavalescos Annik Salmon e Guilherme Estevão. A expectativa é que eles se reúnam nas sedes do Afoxê Filhos de Gandhy, Olodum, e na Fundaçao Pierre Verger Fatumbi – onde irão se encontrar com personalidades que fazem parte desta linda festa que é o Carnaval da Bahia, como Ilê Aiyê, Olodum, Filhos de Gandhy, Cortejo Afro, Muzenza, Mâle Debalê e com o coreógrafo Negrizu.

Jô foi a programadora musical do COI nos Jogos Olímpicos do Rio 2016 na Suiça, onde fica a sede dos jogos. Ela também fundadora da Jam Session de Montreux, que já levou vários nomes da música brasileira como Gilberto Gil, Seu Jorge, Jaques Morelenbaum e outros.

Leia mais sobre Ópraí Wanda Chase no ibahia.com e siga o portal no Google Notícias

Veja também: