Neymar está a um gol de igualar recorde de Pelé na seleção brasileira


Foto: Lucas Figueiredo / CBF

Foi em maio de 1962 que Pelé marcou duas vezes contra País de Gales, no último amistoso antes da Copa do Chile, e se tornou o maior artilheiro de todos os tempos da seleção brasileira masculina de futebol. O título já está com o Rei há 60 anos. Agora, Neymar está prestes a igualar o feito do ex-jogador.

O camisa 10 da seleção brasileira, que entra em campo nesta sexta-feira (9), às 12h (horário de Brasília), contra a Croácia, pode igualar o recorde de Pelé nos critérios da Fifa caso faça um gol na partida.

Pelas contas da CBF, que considera partidas contra clubes e combinados, o Rei ainda tem larga vantagem na liderança, com 95 gols. Mas, nas da Fifa, Neymar marcou 76 vezes em 123 partidas. Enquanto Pelé precisou de apenas 91 jogos para balançar a rede em 77 oportunidades.

Pelé garantiu o título de maior goleador da seleção depois de apenas 33 jogos com a camisa do Brasil. Ademir, dono do título e artilheiro da Copa de 1950, encerrou a carreira com 32 tentos pela Seleção em 38 atuações – média de 0,86 por partida. Ele marcou pela última vez em 1953.

O Rei precisou de apenas quatro anos para se tornar o artilheiro da Seleção. Ele estreou aos 16 anos contra a Argentina e já fez seu primeiro gol na derrota por 2 a 1.

Artilheiros da Seleção nas contas da Fifa

JogadorGolsJogosMédia
Pelé77910,84
Neymar761230,61
Ronaldo62980,63
Romário55700,79
Zico48710,68

Leia mais sobre Copa 2022 no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias.