Menu Lateral Buscar no iBahia Menu Lateral
iBahia > cotidiano > cidadania
Whatsapp Whatsapp
Pesquisa

Bahia possui maior contingente de pessoas em extrema pobreza do Brasil

Dados do Síntese de Indicadores Sociais (SIS) 2023, feito pelo IBGE, indica que 11,9% dos baianos estão em situação de extrema pobreza

Iamany Santos • 06/12/2023 às 10:01 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

A Bahia é o estado brasileiro com o maior contingente de pessoas em extrema pobreza no Brasil. No total, 11,9% da população baiana se encontra nessa situação, segundo informações do Síntese de Indicadores Sociais (SIS) 2023, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).


				
					Bahia possui maior contingente de pessoas em extrema pobreza do Brasil
Uma em cada dez pessoas na Bahia está em condição de pobreza extrema. Foto: Canva Fotos

Na prática, isso quer dizer que 1 em cada 10 pessoas no estado está em condição de pobreza extrema. Além disso, a Bahia possui o 2° maior contingente de pessoas de pessoas em situação de pobreza, ou seja, mais de 50,5% da população.

Leia mais:


				
					Bahia possui maior contingente de pessoas em extrema pobreza do Brasil
Foto: IBGE

Essas estatísticas, estabelecidas pelo Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC), foram realizadas com base no aumento do valor correspondente às linhas de pobreza.

Antes da pesquisa realizada a partir de números colhidos em 2022, era considerada pobre uma pessoa que vivia com US$ 5,50, ou seja, R$ 527. Após a mudança, passou a considerar pobre a pessoa que possui renda domiciliar per capita diária de US$ 6,85, ou R$ 637.

Em números absolutos, o único estado que ultrapassou a Bahia no contingente de pessoas em situação de pobreza foi São Paulo, com mais de 9,9 milhões de pessoas nessa situação.

No ranking do índice de pobreza dos estados brasileiro, a Bahia ocupa o 8° lugar. Os estados do Maranhão (56,7%), Amazonas (55,1%) e Alagoas (54,2%) ocuparam o pódio das unidades federativas com os maiores índices.

Em contrapartida, Santa Cantarina (12,8%), Rio Grande do Sul (16,8%) e Distrito Federal (17,1%) registraram os menores índices de pobreza do país.


				
					Bahia possui maior contingente de pessoas em extrema pobreza do Brasil
Foto: IBGE

Quando se fala de Salvador, o contingente de pessoas pobres é de mais de 1,7 milhão, o que representa 36,9%, mais de um terço da população.

Salvador figura a oitava posição no ranking com índices de pobreza nas capitais brasileiras. Os maiores índices foram registrados em Rio Branco (Acre), com 43,8%; Manaus (Amazonas), com 43,2%; e João Pessoa (Paraíba), cujo índice foi de 43,1%.

As capitais com os menores índices são Florianópolis (Santa Catarina), com 8,5%; Curitiba (Paraná), que registrou taxa de 12,5%; e Porto Alegre (Rio Grande do Sul), com 13,5%.

Cenário nacional

No Brasil, um contingente de mais de 67,7 milhões de pessoas estão em situação de pobreza, ou seja, 31,6% da população. Quando se fala de extrema pobreza, o número absoluto é de mais de 12,5 milhões de pessoas, ou 5,9% da população.

Comparado a 2021, quando este índice chegou ao recorde de 9%, a taxa apresentou queda.

Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM CIDADANIA :

Ver mais em Cidadania