Menu Lateral Menu Lateral
iBahia > cotidiano > cidadania
CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Mudanças

Cachoeira se torna sede da Bahia durante comemorações ao 2 de Julho

Cerimônia, que contou com hasteamento de bandeiras em Cachoeira, aconteceu nesta terça-feira (25), a 7 dias do 2 de Julho

Alan Oliveira • 25/06/2024 às 9:56 • Atualizada em 25/06/2024 às 14:13 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

A sede do Governo da Bahia foi transferida para a cidade de Cachoeira, no Recôncavo do estado, na manhã desta terça-feira (25), abrindo as comemorações ao 2 de Julho.


				
					Cachoeira se torna sede da Bahia durante comemorações ao 2 de Julho
Cachoeira se torna sede da Bahia durante comemorações ao 2 de Julho. Foto: Joá Souza/GOVBA

Veja mais:

A cerimônia, que teve a participação de várias autoridades, incluindo o governador Jerônimo Rodrigues, começou pouco depois das 8h.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Leia mais:

Durante a celebração, foi feito o hasteamento das bandeiras, na Praça da Aclamação, com execução dos hinos Nacional, da Bahia e de Cachoeira, pela Banda de Música da PM e pela Filarmônica 25 de Junho.

Ao longo do dia, estão previstas outros pontos da agenda da cidade, incluindo um Desfile Cívico Militar, na Rua da Feira.

Cachoeira e o 2 de Julho


				
					Cachoeira se torna sede da Bahia durante comemorações ao 2 de Julho
Cachoeira se torna sede da Bahia durante comemorações ao 2 de Julho. Foto: Feijão Almeida/GOVBA

A cidade é uma das protagonistas da luta pela independência do Brasil na Bahia, pois foi lá que os combates contra os portugueses começaram, em 25 de junho.

Nesta mesma data, só que em 1822, os cachoeiranos proclamaram D. Pedro como o Regente Constitucional do Brasil e, com a Junta Conciliatória, deram início à retaliação contra a presença do general Madeira e Melo, que ameaçava a Vila com uma canhoneira.

Fogo simbólico


				
					Cachoeira se torna sede da Bahia durante comemorações ao 2 de Julho
Cachoeira se torna sede da Bahia durante comemorações ao 2 de Julho. Foto: Reprodução/TV Bahia

Os municípios do Recôncavo Baiano e da Região Metropolitana de Salvador, que também tiveram participação nas batalhas, serão contemplados com a passagem do fogo simbólico, nos próximos dias.

A partir do dia 30 de junho, o fogo percorre 100km em direção a Salvador, passando pelas cidades de Saubara, Santo Amaro, São Francisco do Conde, Candeias, Simões Filho, até chegar ao bairro de Pirajá, na capital baiana, para as comemorações pela independência, no dia 2 de julho.


				
					Cachoeira se torna sede da Bahia durante comemorações ao 2 de Julho
Cachoeira se torna sede da Bahia durante comemorações ao 2 de Julho. Foto: Feijão Almeida/GOVBA
Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM CIDADANIA :

Ver mais em Cidadania