Empreendedorismo

Nove melhores ideias de negócio para investir em 2020

Uma visão geral sobre cada segmento para ajudar nas decisões do futuro empresário

Redação Dino

Uma visão geral sobre os melhores negócios para se investir em 2020, incluindo ideias para os ramos de alimentação, beleza, moda e segmentos em expansão, como mercado pet e informática.

Foto: reprodução
1. Alimentação saudável: brasileiros estão cada vez mais interessados em manter hábitos mais saudáveis. Conforme pesquisa realizada pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, 80% das pessoas se esforçam para ter uma alimentação equilibrada e 71% preferem produtos saudáveis. Lembrando que o mercado alimentício dificilmente é afetado por crises financeiras.

2. Mercado pet: de acordo com o IBGE, há 132 milhões de animais de estimação no país. O resultado é um mercado aquecido por donos ansiosos por novidades para agradar seus bichinhos. O IBGE também prevê um faturamento de R$20 bilhões, significativa expansão para quem pensa em investir no mercado de pet shops.

3. Informática: o mercado de TI brasileiro segue crescendo acima da média global desde 2018, segundo dados da ABES (Associação Brasileira de Empresas de Software). Ainda que o investimento maior seja em tecnologia de softwares, a venda de equipamentos segue sendo lucrativa.

4. Beleza e cosméticos:
o segmento da beleza tende a alcançar resultados favoráveis mesmo quando há contenção de despesas entre os brasileiros. De acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC), divulgados pelo Senac, a previsão de crescimento do setor de estética e cosméticos é de 14% para 2020. Além disso, há inúmeros nichos e possibilidades a serem explorados por empreendedores, como esmalterias.

5. Padarias: o negócio “padaria” está entre os mais buscados no canal Ideia de Negócios, no Portal do Sebrae. É um mercado seguro, mas carece de novidades. Com toda a facilidade gerada por aplicativos de entrega, as padarias ganharam uma imensidão de concorrentes. Receber pedidos e on-line pode ser a solução para fazer valer o investimento.

6. Marmitas:
com baixo investimento, existem diversos modelos de negócios que podem ser explorados neste mercado. Vender refeições prontas, marmitas congeladas, refeições 100% veganas e aproveitar a onda dos serviços de delivery são apenas algumas opções.



7. Restaurantes:
com expansão anual em torno de 10%, segundo SEBRAE, o setor de alimentação fora de casa, ou setor de bares e restaurantes, é um ramo lucrativo, mas de muita complexidade administrativa. Investir em um restaurante ou bar exige uma busca constante por qualidade dos serviços oferecidos e por conhecimento do setor, mas é de alto rendimento se o empresário se dedica.

8. Moda: um dos mercados com maior competitividade, mas que certamente também é um dos mais lucrativos. Em 2020, a segmentação deve trazer mais dinheiro para o empresário que investir em moda plus size, por exemplo, nicho que sozinho aumentou 10% a sua procura em 2019, segundo o SEBRAE.

9. Biojoias: novidade de baixo investimento, o uso de materiais de origem natural combinados a elementos como ouro, pedras preciosas e semipreciosas cria produtos de alto valor agregado. E ainda é um modelo de negócio que permite explorar as facilidades do varejo on-line.