Cinema

Salvador sedia mostra de cinema iraniano; confira programação

Exibições acontecem na Sala Walter da Silveira, no Complexo Cultural dos Barris, de 21 a 27 de junho

Redação iBahia (agenda@portaliahia.com.br)
- Atualizada em
O filme 'A Separação', de Asghar Farhadi, integra a programação da mostra de cinema iraniano


De 21 a 27 de junho, um panorama da recente produção cinematográfica iraniana é atração na Sala Walter da Silveira, em Salvador. Organizada pela Embaixada da República Islâmica do Irã, a mostra reúne obras consagradas em grandes festivais internacionais, como 'O Balão Branco', de Jafar Panahi, e 'A Separação', de Asghar Farhadi, vencedor do Oscar de filme estrangeiro em 2012.


Leia também:

Divulgados primeiros cartazes de 'Jogos Vorazes: A Esperança'; veja

Jornal inglês lista os melhores filmes brasileiros; confira

Ancine abre inscrições para programa com curadores de festivais internacionais


A programação destaca ainda filmes com temática religiosa, como 'Maria, a mãe de Jesus' e 'O Filho de Maryam'. Produções mais raras e com circulação restrita no Brasil, como 'Um Tempo para amar' e 'M de mãe', também têm espaço na mostra. Completam a grade de exibição a obra-prima de Asghar Farhadi, 'Procurando Ely', em diálogo com clássico italiano 'A Aventura', de Michelangelo Antonioni.


Domingo (22)


17h30


Maria, a mãe de Jesus (Irã, 2002)
Direção: Shahryar Bahrani

Sinopse: Um documentário fascinante sobre a vida de Maria, proclamada como “bendita entre todas as mulheres” por ter sido escolhida por Deus para ser mãe de Jesus. A história de Maria começa no ano 16 antes de cristo. O povo de Jerusalém espera impacientemente pelo nascimento do filho de Emran, o “ Messias”, porém nasce uma menina. Ana, a sua mãe, dá-lhe o nome de Maria, que significa Serva de Deus.


19h30

A Separação (Jodaeiye Nader Az Simin, Irã, 2011)
Direção: Asghar Farhadi

Sinopse: Após ser largado por sua esposa, Nader contrata uma jovem para cuidar de seu pai doente. O que ele não sabe é que essa jovem está grávida e aceitou o trabalho sem o consentimento do marido, um homem psicologicamente instável.

 

Terça-feira (24)


17h30


O balão branco (Badkonake Sefid, Irã, 1995)
Direção: Jafar Panahi

Sinopse: A pequena Razieh começa a descobrir que o mundo fora de seu quintal não é tão maravilhoso. A menina sai de casa para comprar um peixinho dourado, para as comemorações do ano novo iraniano, e passa apertos para conseguir seu objetivo. E ainda encontra adultos mal intencionados.


19h30


Procurando Ely (Darbareye Elly, Irã, 2009)
Direção: Asghar Farhadi

Sinopse: Após passar anos na Alemanha, Ahmad volta ao Irã e seus amigos organizam três dias de comemoração. Sem que o resto do grupo siba, Sepideh convida para a festa a Jovem Elly, professora de sua filha. Ahmad, que acabou de se separar da esposa alemã e gostaria de começar uma nova vida com uma iraniana, vê em Elly a mulher perfeita. No dia seguinte, no entanto, ela desaparece misteriosamente. O clima entre os amigos torna-se amargo e acusatório e eles iniciam uma pequena investigação para descobrir o paradeiro da moça.

 

Quinta-feira (26)


17h30


Filhode Maryam (Pesar-eMaryam, Irã, 2007)
Direção:Hamid Jebelli

Sinopse: O filho de Maryam é a história de Rahman, o menino muçulmano, entregador de leite no vilarejo ao noroeste do Irã. Sua mãe morre quando ele nasce. Por não tê-la conhecido, nem mesmo em foto, o menino sente-se atraído pela beleza do ícone da Virgem Santíssima, em que ele descobre semelhança com a imagem que faz de sua mãe, também chamada de Maryam. A partir desse momento, nasce uma forte amizade entre o menino e o padre idoso da igreja local. Quando o padre sofre um acidente, Rahman e Davud, seu amigo cego, assumem as tarefas de cuidar do padre, procurar seu irmão George e  tomar conta da igreja de Gavilan.

 

19h


José  (Irã, 2011)
Direção: Farajallah Selhashoori

Sinopse: A história do Profeta José, o escravo nascido na Mesopotâmia que através da dádiva da interpretação dos sonhos e da submissão total a Deus se tornou um dos homens mais respeitados do Egito antigo.

 

Sexta-feira (27)


17h30


M de Mãe (Mim mesle madar, Irã, 2006)
Direção: Rasoul Mollaghholipour

Sinopse: História de Sepideh, uma jovem iraniana, que desiste do sonho de uma promissora carreira musical, para se casar com Soheil, membro do governo iraniano, o homem que ela amava. Mas o que parecia ser uma linda história de amor, logo se transforma em um drama familiar, quando o casal descobre que o seu primeiro filho, provavelmente nascerá com defeitos congênitos, porque a mãe fora exposta a gás tóxico durante a guerra Irã-Iraque. O pai não querendo ter um filho deficiente, tenta forçar a esposa a fazer um aborto. Ela porém insiste em levar a gravidez até o fim. O esposo a abandona, deixando mãe e filho à própria sorte.


19h30


A Separação (Jodaeiye Nader Az Simin, Irã, 2011)
Direção: Asghar Farhadi