Menu Lateral Buscar no iBahia Menu Lateral
iBahia > diversão > música
Whatsapp Whatsapp
Novo integrante

Intruso na família de Gilberto Gil? Saiba como é show 'Nós, A Gente'

Turnê, que rodou o mundo, deu início as apresentações no Brasil em 2023 e conta com segunda data em Salvador no dia 1º de julho

Bianca Andrade • 30/06/2023 às 23:49 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

				
					Intruso na família de Gilberto Gil? Saiba como é show 'Nós, A Gente'
Foto: Edgar de Souza/ AgNews

Assistir ao show 'Nós, A Gente' é como chegar de intruso, ou no bom e velho baianês, de gaiato, no almoço de domingo de uma família e ao invés de ser recebido com estranheza por aqueles que ali confraternizam, você ganha Aquele Abraço apertado do anfitrião e de todos os convidados.

A capital baiana recebeu nesta sexta-feira (30) a primeira das duas apresentações do espetáculo 'Nós A Gente', que coloca no palco Gilberto Gil e toda sua prole, até mesmo quem decidiu não seguir pela música, em uma grande celebração as seis décadas de música do Imortal.

Leia mais:


				
					Intruso na família de Gilberto Gil? Saiba como é show 'Nós, A Gente'
Foto: Edgar de Souza/ AgNews

O projeto, que rodou o mundo, surgiu de uma ideia de Preta Gil e foi bem recebida pela família, na gravação do seriado 'Gilberto Gil & Family - Nós e a Gente', e pelo público de cada local por onde ele passou, incluindo Salvador.

Antes mesmo que a música começasse no palco da Concha Acústica do Teatro Castro Alves, a plateia já vibrava pela família Gil. E ali, bem no começo, o público já gritava em apoio a Preta Gil, que no início do ano descobriu um câncer no intestino e até então era incerteza na estreia da turnê pelo país.

Lucas Sales/ iBahia

Nos primeiros acordes de 'Barato Total', música que abre a apresentação, era possível dizer que cada indivíduo da Concha Acústica, que com certeza atingiu a capacidade máxima neste último dia de junho, já se sentia como parte da família Gil.

A sintonia no palco entre pai, filhos, netos e bisneta era percebida por quem assistia bem de pertinho e até mesmo quem colocou o "camarote" para jogo nas sacadas dos prédios. Ou melhor, a ancestralidade, como o próprio Gil frisou ao longo da apresentação, era sentida.

Lucas Sales/ iBahia

No repertório, Gil fez questão de colocar canções para incluir todos os integrantes da família que participam do show, são eles os filhos Bem, José, Nara e Preta; os netos, João, Flor, Bento, Dom, Gabriel, Francisco, Pedro, Lucas e Sereno; a nora Mariá Pinkusfeld e a bisneta Sol de Maria.

Com Flor, Gil cantou 'Garota de Ipanema' e 'Era Nova'. Já com Nara, 'Amor Até o Fim'. O neto Fran também cantou uma parceria ao lado do avô, mas chamou atenção ao fazer Gil cantar a versão de 'Várias Queixas' feita por ele João e José com a banda 'Gilsons'. Bento também tem destaque ao tocar 'O Pato' no violão para o avô, enquanto Bela, que não canta, espanta os males com a dança em 'Andar com Fé'.

Preta Gil foi a única a não cantar uma música do pai. A artista se apresentou com dois grandes hits da carreira, 'Sinais de Fogo' e 'Vá Se Benzer', no qual ela aproveitou para homenagear a madrinha, Gal Costa, que faleceu em 2022. A cantora também é um elo forte na conexão do artista com o público ao passar o microfone para apresentar quem está na plateia.

Lucas Sales/ iBahia

O repertório do show 'Nós, A Gente', consegue, ainda que de forma reduzida, fazer uma viagem no tempo na carreira de Gil e traz para o público pontos importantes da trajetória do artista. É possível ter uma lembrança dos Doces Bárbaros, com 'Esotérico', um gostinho do 'Luar' com 'Palco', e de 'Dia Dorim Noite Neon' com a crítica social de 'Nos Barracos da Cidade'.

A crítica também ficou por conta de Gilberto Gil, que deu a primeira declaração sobre a decisão do Tribunal Superior Eleitoral que nesta sexta (30) tornou inelegível o ex-presidente da República, Jair Bolsonaro. "Pela parte que me toca, bem pessoalmente, sei que estarei livre disso pelo menos por oito anos", comentou o artista.

Bianca Andrade/ iBahia

Já a queixa do público, para além do inelegível, ficou por conta da ausência de 'Tempo Rei', 'Expresso 2222', 'Drão', 'Refazenda' e outras grandes canções. Talvez em um próximo show.


				
					Intruso na família de Gilberto Gil? Saiba como é show 'Nós, A Gente'
Foto: Edgar de Souza/ AgNews

Como resumir bem a experiência de 'Nós, A Gente'? Imagine um comercial de margarina, aquele da família perfeita. Para ficar mais regional só se no lugar da margarina foi uma boa manteiga de garrafa. É esse o nível de delícia poder assistir ao espetáculo apresentado por Gilberto Gil e sua família.

E só mesmo um imortal para conseguir reunir tantas gerações no palco e na plateia com um só propósito, celebrar a arte. Viva Gilberto Gil!

Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM MÚSICA :

Ver mais em Música