Menu Lateral Buscar no iBahia Menu Lateral
iBahia > diversão > nem te conto
Whatsapp Whatsapp
Linha do tempo

Versões diferentes, imagens e repercussão: saiba tudo do acidente de Kayky Brito

Ator foi atropelado no Rio de Janeiro na madrugada do dia 2 de setembro e está internado em estado grave

Redação iBahia • 11/09/2023 às 20:13 • Atualizada em 12/09/2023 às 0:08 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

				
					Versões diferentes, imagens e repercussão: saiba tudo do acidente de Kayky Brito
Foto: Reprodução/Instagram

O acidente de Kayky Brito na madrugada do dia 2 de setembro vem repercutindo ao longo dos últimos dias. O ator foi atropelado por um motorista por aplicativo no bairro da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

No dia do atropelamento, Kayky Brito estava com o ator Bruno de Luca em um quiosque carioca. Imagens gravadas por câmeras de segurança do local mostram o momento em que o ator atravessava a via, na altura do condomínio Barra Bela, quando foi atingido pelo veículo.

Leia mais:

O artista foi socorrido pelo Corpo de Bombeiro e foi constatado politraumatismo. O ator está internado na UTI do Hospital Copa D'Or, permanece sedado e em ventilação após uma semana do acidente.

O iBahia reuniu todas as informações divulgadas até o momento sobre o acidente do ator, a repercussão e as investigações. Confira abaixo:

Acidente

Kayky Brito foi atropelado na madrugada do dia 2 de setembro, no bairro da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. O ator foi atingido por um carro conduzido por um motorista por aplicativo, quando atravessava a Avenida Lúcio Costa.

Segundo boletins médicos divulgados ao longo da semana, Kayky Brito deu entrada em estado grave em um hospial carioca, com politrauma corporal e traumatismo craniano. Imagens de segurança flagraram momento em que o ator foi atingido pelo veículo:

Inicialmente, o ator foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado para o Hospital Municipal Miguel Couto, no bairro do Leblon, mas logo depois foi transferido para o hospital particular Copa D'Or onde está internado atualmente e recebe os atendimentos médicos.

Segundo a Polícia Civil, que investiga o caso, o motorista por aplicativo que atropelou o ator não estava alcoolizado. O condutor do veículo realizou exame de alcoolemia após o acidente e o resultado deu negativo.

Na manhã seguinte ao acidente a irmã de Kayky, Stefany Brito esteve no local e deu a primeira declaração pública da família sobre o acidente.

"Agora não tenho nada para falar. Preciso entender primeiro o que aconteceu. Depois, eu falo", disse a atriz aos jornalistas de plantão no local no dia 2 de setembro.

Bruno de Luca testemunhou acidente

O ator Bruno de Luca estava com Kayky Brito no dia e testemunhou o acidente. Ainda no dia 2 de setembro, o delegado Ângelo Lages, da 16ª Delegacia Policial do Rio de Janeiro confirmou a informação.

Em entrevista para a CNN Brasil, o delegado explicou que Kayky e Bruno estavam juntos no Quiosque Dona Maria, no posto 6, com outros amigos. Ainda segundo a declaração feita neste dia, o ator teria ido buscar um pertence dentro do carro, e quando voltava para o quiosque, acabou sendo atropelado.

Ainda de acordo com o delegado, o motorista estava dirigindo um Fiat Argo e levava um passageiro com bebê, do Recreio dos Bandeirantes para o bairro de Barra da Tijuca.

O motorista teria tentado desviar para a faixa da direita, mas acabou atingindo o ator.

Imagens registraram reação de Bruno de Luca após acidente

Imagens obtidas pela Polícia Civil e exibidas no Fantástico no dia 3 de setembro mostram a reação de Bruno de Luca após o acidente.

Pelas imagens divulgadas, é possível perceber que o ator fica desesperado ao ver a cena. Bruno de Luca estava ao lado de um funcionário do quiosque e, aparentemente, fechando a conta no local. Ele segurava um cartão na mão.


				
					Versões diferentes, imagens e repercussão: saiba tudo do acidente de Kayky Brito
Foto: Reprodução/TV Globo

Ainda nas imagens é possível ver Kayky atravessando a avenida Lúcio Costa até seu carro, enquanto Bruno olha para a direção do veículo algumas vezes. Quando o ator começa a voltar para o quiosque, é atingido.

O motorista do carro tentou desviar para outra via, mas acabou atingindo o ator. O condutor parou para socorrer Kayky e acionou o Corpo de Bombeiros.

Depoimento de Bruno de Luca

No dia 6 de setembro, Bruno de Luca prestou depoimento à polícia na 16ª DP (Barra da Tijuca), como testemunha do caso, e afirmou que só soube que a vítima era o ator Kayky Brito no dia seguinte ao do acidente.

De acordo com o g1, Bruno de Luca contou que viajou para São Paulo para assistir ao festival The Town e tentou falar com o amigo. Sem conseguir, ele telefonou para a atriz Sthefany Brito, que contou que Kayky Brito estava internado em estado grave. O apresentador voltou ao Rio após saber a notícia.


				
					Versões diferentes, imagens e repercussão: saiba tudo do acidente de Kayky Brito
Bruno de Luca na saída de delegacia após prestar depoimento. Foto: Fabrício Pioyani/AgNews

Ainda segundo Bruno de Luca, ele achou que Kayky tivesse ido embora antes do atropelamento, e que não se lembra como deixou a Avenida Lúcio Costa, onde os dois estavam em um quiosque.

O apresentador explicou que os dois estavam na casa dele e resolveram sair. Bruno e Kayky saíram no carro do apresentador e seguiram até um quiosque na orla, escolhido "de forma aleatória". Eles resolveram deixar o veículo estacionado e iriam retornar de carro por aplicativo, já que pretendiam beber. O ator nega que tenham usado drogas.

No depoimento, Bruno de Luca contou também que os dois chegaram a se despedir e ele virou as costas. Além disse, afirmou que não sabe o que Kayky foi fazer no carro e citou que tem trauma de acidente.

Confira o resumo do depoimento de Bruno de Luca segundo o g1:

  • disse que viu um atropelamento, mas só soube que o atropelado era Kayky Brito após falar com a irmã dele, a atriz Sthefany Brito, no dia seguinte;
  • os dois estavam na casa de Bruno falando sobre uma peça que queriam fazer juntos e resolveram ir até um quiosque para beber, por volta das 22h;
  • foram no carro do Bruno, que ficou estacionado em frente ao quiosque, do outro lado das pistas da Av. Lúcio Costa, e que voltariam de carro de aplicativo porque beberiam;
  • que Kayky, antes da meia-noite, se despediu e virou as costas e que não sabe o que ele foi fazer no carro;
  • ouviu um barulho de impacto, mas não ouviu o som de frenagem;
  • que viu uma pessoa arremessada para alto e que colocou a mão na cabeça e entrou em desespero, por ter “pavor de acidentes”;
  • afirma que Kayky não aparentava estar bêbado;
  • depois do acidente, Bruno foi para casa e deixou o seu carro no local, e que não sabe como chegou em casa;
  • e que havia mandado mensagem para o próprio Kayky para comentar sobre o acidente, porque achou que ele também tinha visto.

Garçom de quiosque detalha passagem de Kayky Brito por bar

O garçom Edivan Martins, funcionário do quiosque Dona Maria, em que Kayky Brito esteve momentos antes de ser atropelado relatou o comportamento do ator no dia do acidente.

O funcionário prestou depoimento no mesmo dia que Bruno de Luca e conversou com a imprensa. Segundo ele, tanto Kayky quanto Bruno De Luca chegaram ao local bem.

Edivan Martins relatou que a dupla pediu doses de vodka e energético para beber, mas não chegaram ao local alcoolizados. "Eles chegaram bem. Eles chegaram conversando, brincaram comigo e se sentaram no deck, atrás do bar. Eles ficaram brincando, pediram as bebidas para eles beberem, vodca, energético, e isso. Eles estavam tranquilos", contou.


				
					Versões diferentes, imagens e repercussão: saiba tudo do acidente de Kayky Brito
Edivan Martins, funcionário de quiosque onde ator estava no Rio de Janeiro, também prestou depoimento à polícia. Foto: Fabrício Pioyani/AgNews

O garçom relatou que cada um tomou três doses de vodka. "Cada um bebeu três, e um energético", disse ele, que ainda pontuou que não lembra de ter visto Kayky e Bruno outras vezes no local. "Trabalho ali há dois anos. É a primeira vez".

Ainda em conversa com a imprensa, o funcionário contou ter presenciado o acidente e relatou que Bruno De Luca ficou desesperado após o atropelamento e momentos depois sumiu do local.

"Ele gritou. Não lembro muito o que ele gritou. Botou a mão na cabeça e ficou andando de lá e para cá. E nisso eu saí de perto dele e fui perto do Kayky. E foi chegando gente. Quando eu voltei para o quiosque, bem depois, ele já não estava mais."

Motorista que atropelou Kayky Brito se pronuncia sobre acidente

O motorista de aplicativo Diones Silva, que conduzia o veículo que atingiu o ator Kayky Brito também se pronunciou sobre o caso. Em entrevista ao RJ2, no dia 7 de setembro, ele contou que está muito abalado com o acidente e explicou o que aconteceu.

“Ali a pista é 60 [km]. Eu achava que era 60, mas aí o delegado que falou que é 70 (km/h). Estava muito abaixo do limite da pista. Até porque eu estava com passageiro, prudência. No trânsito eu nunca me envolvi em problemas, em nada”, disse o motorista.

O motorista também desejou que o ator se recupere rapidamente para que possa estar com a família.


				
					Versões diferentes, imagens e repercussão: saiba tudo do acidente de Kayky Brito
Foto: Reprodução/Redes Sociais

“Estou muito abalado com isso que está acontecendo. Torcendo para que ele saia logo disso e volte para sua família, sua filhinha. É o que desejo do meu coração”, disse o motorista.

No mesmo dia, Stefany Brito agradeceu ao motorista por ter prestado atendimento imediato e ficado com Kayky Brito durante todo o tempo até a chegada das autoridades.

"Deixamos aqui também pública, reiterando o que já falamos por telefone, a nossa genuína gratidão ao Diones Silva, motorista que foi um verdadeiro anjo na vida do Kayky, prestando socorro para o mesmo, fato que com certeza salvou a vida dele. Seremos eternamente gratos", completou.

Motorista realiza vaquinha para voltar a trabalhar

Diones Silva ficou afastado das atividades após o acidente, devido aos danos causados no carro e o bloqueio da plataforma utilizada para fazer corridas no Rio de Janeiro. Para conseguir voltar a a trabalhar, ele realizou uma vaquinha online para consertar o carro e em menos de 3h arrecadou mais de R$60 mil.

"Estou muito feliz e grato. Feliz que vou poder consertar o meu carro e feliz que os brasileiros se sensibilizaram com a minha causa. Só de saber que vou conseguir voltar a trabalhar, o que amo fazer, já sou eternamente grato", disse Diones ao site.

Com meta de R$ 30 mil, o motorista chegou a atingir mais de R$ 150 até o final da noite. Diones também foi ajudada pela advogada e ex-A Fazenda Deolane Bezerra, que ao programa 'Fofocalizando', do SBT, revelou ter ajudado o motorista a se reerguer.

"Eu conversei com ele, é trabalhador, sustenta os filhos, a família. O carro dele era novinho, comprou agora em maio, financiado em 60 vezes, sabe? Ele falou que o pessoal já estava ajudando bastante também, com a vaquinha que fizeram. Então, eu me propus a pagar a franquia do seguro e paguei um ano de prestações para ele", disse ao jornalista Leo Dias.

O motorista também recebeu liberação no aplicativo 99, que por meio das redes sociais esclareceu a situação de Diones.

"A 99 esclarece que o motorista Diones Coelho da Silva foi desbloqueado na manhã desta quinta-feira (07/09). Ele havia sido bloqueado temporariamente por conta das investigações do acidente em que está envolvido", disse a empresa.

Testemunha contesta versão dada por Bruno De Luca

Uma testemunha, que não teve a identidade revelada, contestou a versão dada por Bruno De Luca para o acidente do ator Kayky Brito. Em entrevista ao Domingo Espetacular, da Record, a mulher afirmou que o apresentador do Multishow teria deixado o quiosque em que eles estavam às pressas, sem prestar socorro.

“Ele ficou em estado de choque. Saiu correndo igual um doido e não voltou. Eu tinha acabado de falar com eles, pedi para tomarem cuidado para aquilo não acontecer, sabe? Foi tudo muito rápido. A gente esperava que pelo menos ele ficasse para esperar a ambulância", contou a testemunha.

A testemunha também afirmou que o apresentador foi informado que quem tinha sido atropelado seria Kayky.

"Quando cheguei para avisar para eles tomarem cuidado com a pista, não tinha nem reconhecido, eles estavam muito alterados. O Kayky parecia que estava caindo de bêbado, e o Bruno, muito agitado também. Eu disse para o Bruno segurar o Kayky, porque ele parecia meio inconsciente."

A moça ainda disse ter sido maltratada por De Luca na primeira abordagem do artista. “O Kayky veio falar comigo, apertou minha mão e me deu um beijo no rosto, e o Bruno ficou puxando ele para longe de mim e disse: 'Não fala com ela, não. Ela é horrorosa'. E levou ele mais para a frente, os dois abraçados", detalhou.

Bruno de Luca pode ser indiciado por omissão de socorro

Após o depoimento de Bruno de Luca, se for comprovado que o apresentador não prestou os primeiros socorros, ele pode ser indiciado por omissão, segundo informações de Antilia Reis, advogada cível de direitos vulneráveis.

"Pelas imagens veiculadas o ator Bruno de Luca, após o acidente, coloca as mãos na cabeça, mas não vai socorrer o amigo caído no asfalto. A tese de omissão de socorro é fortalecida pelo seu depoimento onde declarou que não se lembra como foi embora do local do acidente, não acompanhou o amigo no resgate da ambulância até o hospital e, ainda, no dia seguinte viajou para São Paulo para assistir um show", informou em entrevista ao Na Telinha.

Boletim médico mais recente de Kayky Brito

O último boletim médico de Kayky Brito, divulgado pelo Hospital Copa D'Or no sábado (9), informou que o ator de 32 anos segue em estado greve, sedado e em ventilação mecânica.

"O Hospital Copa D'Or informa que o paciente Kayky Fernandes Brito permanece sedado e em ventilação mecânica, com o quadro clínico sob controle e sem alterações nas últimas 24h", dizia o boletim.

No dia 5 de setembro, Kayky Brito foi submetido a uma cirurgia para fixação de fratura na pelve e no braço.

Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM NEM TE CONTO :

Ver mais em Nem Te Conto