Menu Lateral Menu Lateral
iBahia > diversão > tv
CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Bicentenário

Documentário da Rede Bahia conquista prêmio nacional de jornalismo

"Bicentenário da Independência: Heróis e Heroínas da Liberdade" ficou em 3º lugar na categoria documentário e concorreu com produções de todo o país

Mayra Lopes • 16/11/2023 às 17:12 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

O documentário "Bicentenário da Independência: Heróis e Heroínas da Liberdade", produzido pela Rede Bahia, está entre os vencedores da 40ª edição do Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo. A lista de vencedores foi divulgada nesta quinta-feira (16), pela organização do Movimento de Justiça e Direitos Humanos, em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil do Rio Grande do Sul. Veja relação completa no final da reportagem.


				
					Documentário da Rede Bahia conquista prêmio nacional de jornalismo
Na foto (esquerda para direita): Cleriston Santana (imagens), Rogério Araújo (edição de imagens e finalização), Ricardo Ishmael (reportagem), Henrique Mendes (coordenação) e Elias Bispo (áudio). Foto: Arquivo Rede Bahia

O especial concorreu com produções de todo o país, e conquistou o terceiro lugar na categoria documentário. Ao todo, foram 412 trabalhos inscritos em nove categorias. A cerimônia de premiação vai acontecer no dia 8 de dezembro, em Porto Alegre.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Leia mais:

O documentário premiado marca o Bicentenário da Independência do Brasil na Bahia, celebrado no dia 2 de julho de 2023. A equipe de produção foi até Brasília para apresentar ao público o Livro de Aço, que fica no Panteão da Pátria e da Liberdade. Lá estão inscritos os nomes de quatro protagonistas das lutas da Independência do Brasil na Bahia: Joana Angélica, Maria Quitéria, João das Botas e Maria Felipa. Por lei, são considerados heróis e heroínas do Brasil. Personagens populares, de uma história desconhecida da maioria dos brasileiros, e que tiveram protagonismo nas lutas pela independência do país.


				
					Documentário da Rede Bahia conquista prêmio nacional de jornalismo
Documentário da Rede Bahia conquista prêmio nacional de jornalismo. Foto: George Lopes / TV Bahia

Depois de Brasília, a equipe percorreu a capital baiana e o interior do estado para desbravar a história de cada um deles. O que se encontrou foram relatos que marcam o heroísmo feminino e dos negros nas lutas por liberdade.

O documentário teve a coordenação de Henrique Mendes, reportagem de Ricardo Ishmael, edição de imagens e finalização de Rogério Araújo, além da participação de uma grande equipe de cinegrafistas, operadores e videografistas.

RELAÇÃO DE VENCEDORES DO 40º PRÊMIO DIREITOS HUMANOS DE JORNALISMO

CATEGORIA DOCUMENTÁRIO

1º LUGAR

RELATOS DE UM CORRESPONDENTE DA GUERRA NA AMAZÔNIA

Repórter Brasil - São Paulo - SP

2º LUGAR

DESAFIOS DA IGREJA - MÁRTIRES DA CAMINHADA

TV Aparecida - São Paulo - SP

3º LUGAR

BICENTENÁRIO DA INDEPENDÊNCIA: HERÓIS E HEROÍNAS DA LIBERDADE

TV Bahia - TV Globo - Salvador - BA

CATEGORIA REPORTAGEM

1º LUGAR

MUTILADOS

Jornal O GLOBO e Jornal EXTRA - Rio de Janeiro - RJ

2º LUGAR

POLICIAIS CONFESSAM CRIMES IMPUNEMENTE EM PODCASTS E VIDEOCASTS

Ponte Jornalismo - Porto Alegre - RS

3º LUGAR

MORRE DONA VITÓRIA, NASCE JOANA DA PAZ

Jornal EXTRA - Rio de Janeiro - RJ

CATEGORIA TELEVISÃO

1º LUGAR

O COIOTE

Record TV - São Paulo - SP

2º LUGAR

BARRICADAS DO CRIME

TV Globo / Fantástico - Rio de Janeiro - RJ

3º LUGAR

O RESGATE - SÉRIE ESPECIAL

Jornal da Record - Record TV - São Paulo - SP

CATEGORIA ÁUDIO

1º LUGAR

A INVENÇÃO DA PROPRIEDADE PRIVADA

O Joio e O Trigo - São Paulo - SP

2º LUGAR

CASO VINI JÚNIOR - UM MERGULHO NAS RAÍZES DO RACISMO

Rádio Gaúcha - Porto Alegre - RS

ZILDA, HEROÍNA DAS CRIANÇAS, DOS IDOSOS, DO BRASIL

Rádio Senado - Brasília - DF

3º LUGAR

BRIGADA MILITAR: ASSÉDIO E SUICÍDIO ENTRE POLICIAIS MILITARES NO RS

Grupo Radioweb - Porto Alegre - RS

CATEGORIA ONLINE

1º LUGAR

EMPRESAS CÚMPLICES DA DITADURA

Agência Pública de Jornalismo Investigativo - São Paulo - SP

2º LUGAR

CAUBÓIS DO CARBONO LOTEIAM A AMAZÔNIA

Sumaúma - Altamira - PA

3º LUGAR

O CONTO DO BIOMA INVISÍVEL

Vós - Porto Alegre - RS

CATEGORIA GRANDE REPORTAGEM (LIVRO)

1º LUGAR

MILICIANOS: COMO AGENTES FORMADOS PARA COMBATER O CRIME PASSARAM A MATAR A SERVIÇO DELE

Editora Objetiva - Rio de Janeiro - RJ

2º LUGAR

PEDOFILIA NA IGREJA - UM DOSSIÊ INÉDITO SOBRE CASOS DE ABUSOS ENVOLVENDO PADRES CATÓLICOS NO BRASIL

Editora Máquina de Livros - Rio de Janeiro - RJ

3º LUGAR

CEM ANOS DA REVOLUÇÃO DE 1923: HISTÓRIA, MÍDIA E CULTURA

Editora Sulina - Porto Alegre - RS

CRÔNICA

1º LUGAR

DE ONDE VEM SEU PRIVILÉGIO?

Matinal Jornalismo - Porto Alegre - RS

2º LUGAR

SAI DAÍ, TÁ CHOVENDO: MEMÓRIAS DE UM REPÓRTER MORADOR DE ÁREA DE RISCO

Agência Eco Nordeste - Recife - PE

3º LUGAR

MEU RELATO DE ABORTO

Matinal Jornalismo - Porto Alegre - RS

CATEGORIA ACADÊMICO

1º LUGAR

BUSCARITA: A CIÊNCIA ALIADA AOS DIREITOS HUMANOS

Universidade de São Paulo - USP / Folha de S.Paulo - São Paulo - SP

2º LUGAR

TRÁFICO DE PESSOAS, EXPLORAÇÃO SEXUAL E TRABALHO ESCRAVO: UMA CONEXÃO ALARMANTE NO BRASIL

Universidade de Brasília - UnB / Agência Senado - Brasília - DF

3º LUGAR

RESQUÍCIOS DOS MANICÔMIOS NAS MÃOS DO ESTADO

Universidade Federal de Santa Maria - UFSM - Santa Maria - RS

CATEGORIA FOTOGRAFIA - TROFÉU PAULO DIAS

1º LUGAR

MUTILADOS

Jornal O Globo - Rio de Janeiro - RJ

2º LUGAR

EM NOME DE ALÁ: GRUPO ISLÂMICO DOUTRINA E LEVA INDÍGENAS DO AMAZONAS PARA A TURQUIA

Metrópoles - Brasília - DF

3º LUGAR

EMERGÊNCIA YANOMAMI

Agência Brasil - Rio de Janeiro - RJ

PRÊMIO ESPECIAL “LIBERDADE”

A TORRE - O COTIDIANO DE MULHERES ENCARCERADAS PELA DITADURA

Editora Companhia das Letras - São Paulo - SP

Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM TV :

Ver mais em TV