Eleição Suplementar na Bahia: Valéria Silveira é eleita prefeita da cidade de Maiquinique


Foto: Adriel Francisco/ Divulgação

A candidata Valéria Ferreira Silveira Moreira (Podemos), da coligação “Unidos por Maiquinique”, foi eleita prefeita do município neste domingo (27). A Eleição Suplementar foi definida com diferente de 65 votos.

Segundo informações do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA), Valéria teve 2.873 (50,57%) votos e o segundo candidato Chico Batoré (Solidariedade), da coligação “Maiquinique Continuará no Caminho Certo”, obteve 2.808 (49,43%) votos.

O resultado do pleito foi oficializado por volta das 18h30, cerca de 1h30 após o encerramento da votação.

Ao todo, foram contabilizados 5.681 votos válidos – quando o voto é destinado para um dos concorrentes. Votos brancos e nulos foram, respectivamente, 27 (0,46%) e 175 (2,97%). 5.883 eleitores compareceram às urnas, tendo o pleito suplementar registrado 23,86% de abstenção.

Eleição Suplementar

A Eleição Suplementar no município de Maiquinique segue a Resolução Administrativa N° 28/2022, publicada pelo TRE baiano.

O pleito foi realizado após a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que, no dia 11 de julho, confirmou a cassação dos mandatos de Jesulino de Souza Porto e Marizene Santos Gusmão, eleitos, aos cargos de prefeito e vice-prefeito do município nas eleições de 2020.

Com isso, os votos atribuídos à chapa no pleito municipal foram anulados e determinada a realização de nova eleição.

Leia mais sobre Bahia no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias.