Menu Lateral Menu Lateral
iBahia > empregos e concursos
CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Vagas imediatas

Concurso público do TRF1 tem salários de até R$ 16 mil; veja edital

Oportunidades do concurso público do TRF1 são para os cargos de técnico e analista judiciário; inscrições abrem 19 de junho

Naiana Ribeiro • 17/06/2024 às 8:21 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

O edital para o concurso público do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) foi publicado na última semana. O certame oferece 17 vagas imediatas para técnico judiciário e analista judiciário, além do cadastro de reserva para os dois cargos, cuja remuneração inicial é de R$ 8,5 mil e R$ 14 mil, respectivamente. As remunerações variam de R$ 8.529,65 a R$ 16.035,69 para trabalhar em jornadas semanais de 40 horas.

O TRF1 abrange os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Piauí, Rondônia, Roraima, Tocantins e Distrito Federal.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Leia mais:



				
					Concurso público do TRF1 tem salários de até R$ 16 mil; veja edital
TRF1 publica edital do concurso público com salários de até R$ 14 mil. ​Foto: Divulgação


Os interessados devem se inscrever entre esta quarta-feira (19) e o dia 22 de julho no site da Fundação Getúlio Vargas, a banca organizadora. O valor da taxa de inscrição é de R$ 90 (técnico) e R$ 120 (analista). As provas objetivas e discursivas estão previstas para 29 de setembro.

A parte objetiva será composta por 80 questões de múltipla escolha de Conhecimentos Gerais e Específicos. Os candidatos aos cargos de analista judiciário na área administrativa (sem especialidade), área judiciária e oficial de justiça e técnico judiciário (sem especialidade), terão de responder a 20 questões de Língua Portuguesa; seis de Raciocínio Lógico e Matemático; seis de Noções de Sustentabilidade; oito de Noções de Direitos Humanos e Fundamentais e de Acessibilidade; e 40 de Conhecimentos Específicos.



				
					Concurso público do TRF1 tem salários de até R$ 16 mil; veja edital
Concurso público do TRF1 tem salários de até R$ 16 mil; veja edital. ​Foto: Divulgação


Para as demais carreiras, a divisão das perguntas objetivas será do seguinte modo: Língua Portuguesa (15 questões); Raciocínio Lógico e Matemático (cinco questões); Noções de sustentabilidade (cinco questões); Noções de Direito Administrativo (oito questões); Noções de Direito Constitucional (sete questões) e Conhecimentos Específicos (40 questões).

Na prova discursiva, todos os candidatos deverão ainda escrever uma redação que valerá 20 pontos na classificação final.

As provas serão aplicadas em Belém (PA), Boa Vista (RR), Brasília (DF), Cuiabá (MT), Goiânia (GO), Macapá (AP), Manaus (AM), Palmas (TO), Porto Velho (RO), Rio Branco (AC), Salvador (BA), São Luís (MA) e Teresina (PI).

Cargos e vagas do concurso TRF1

De acordo com o edital TRF1, são ofertadas 17 vagas, além de oportunidades para formação de cadastro reserva, para os cargos de Analista Judiciário e Técnico Judiciário, ambos de nível superior de formação.

Veja a distribuição das vagas abaixo:

  • Analista Judiciário
  • Analista Judiciário – Área Administrativa: 1 vaga
  • Analista Judiciário – Área Administrativa – Especialidade: Inspetor Da Polícia Judicial: CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Análise De Dados: CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Análise De Sistemas De Informação: CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Arquitetura: 1 vaga
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Contabilidade: 1 vaga
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Enfermagem: CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Engenharia Civil: CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Engenharia De Segurança Do Trabalho: CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Engenharia Elétrica: CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Engenharia Mecânica: CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Fisioterapia: CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Governança E Gestão De Tecnologia Da Informação: CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Cardiologia): CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Clínica Geral): CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Do Trabalho): CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Ortopedia): CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Odontologia: CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Psicologia: CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Segurança Da Informação: CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Serviço Social: CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Suporte Em Tecnologia Da Informação: CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Tecnologia Da Informação: CR
  • Analista Judiciário – Área Judiciária: 2 Vagas + CR
  • Analista Judiciário- Área Judiciária – Especialidade: Oficial De Justiça e Avaliador Federal: 1 Vaga + CR

Técnico Judiciário

  • Técnico Judiciário – Área Administrativa: 7 Vagas + CR
  • Técnico Judiciário – Área Administrativa – Especialidade: Agente Da Polícia Judicial: CR
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Contabilidade: CR
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Desenvolvimento De Sistemas De Informação: 2 Vagas + CR
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Edificações: CR
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Enfermagem: CR
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Suporte Técnico: CR
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Tecnologia Da Informação: 2 Vagas + CR

Requisitos do edital TRF1

Para concorrer às vagas ofertadas, é necessário que o candidato tenha os seguintes requisitos:

Analista Judiciário

  • Analista Judiciário – Área Administrativa

nível superior em qualquer área de formação

  • Analista Judiciário – Área Administrativa – Especialidade: Inspetor Da Polícia Judicial

nível superior em qualquer área de formação
CNH tipo C

  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Análise De Dados

nível superior em Tecnologia da Informação ou nível superior em qualquer área de formação, acrescido de curso de pós-graduação em área de Tecnologia da Informação, com no mínimo 360 horas

  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Análise De Sistemas De Informação

nível superior em Tecnologia da Informação ou nível superior em qualquer área de formação, acrescido de curso de pós-graduação em área de Tecnologia da Informação, com no mínimo 360 horas

  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Arquitetura

nível superior em Arquitetura

  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Contabilidade

Nível superior em Ciências Contábeis

  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Enfermagem

Nível superior em Enfermagem

  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Engenharia Civil

Nível superior em Engenharia Civil

  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Engenharia De Segurança Do Trabalho

Nível superior em Arquitetura ou Engenharia, acrescido de pós-graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho

  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Engenharia Elétrica

Nível superior em Engenharia Elétrica

  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Engenharia Mecânica

Nível superior em Engenharia Mecânica

  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Fisioterapia

Nível superior em Fisioterapia

  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Governança E Gestão De Tecnologia Da Informação

nível superior em Tecnologia da Informação ou nível superior em qualquer área de formação, acrescido de curso de pós-graduação em área de Tecnologia da Informação, com no mínimo 360 horas

  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Cardiologia)

nível superior em Medicina ou título de especialista em Cardiologia

  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Clínica Geral)

nível superior em Medicina ou título de especialista em Clínica Geral

  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Do Trabalho)

nível superior em Medicina ou título de especialista em Medicina do Trabalho

  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Ortopedia)

nível superior em Medicina ou título de especialista em Ortopedia

  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Odontologia

nível superior em Odontologia

  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Psicologia

nível superior em Psicologia

  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Segurança Da Informação

nível superior em Tecnologia da Informação ou nível superior em qualquer área de formação, acrescido de curso de pós-graduação em área de Tecnologia da Informação, com no mínimo 360 horas

  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Serviço Social

nível superior em superior em Serviço Social

  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Suporte Em Tecnologia Da Informação

nível superior em Tecnologia da Informação ou nível superior em qualquer área de formação, acrescido de curso de pós-graduação em área de Tecnologia da Informação, com no mínimo 360 horas

  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Tecnologia Da Informação

nível superior em Tecnologia da Informação ou nível superior em qualquer área de formação, acrescido de curso de pós-graduação em área de Tecnologia da Informação, com no mínimo 360 horas

  • Analista Judiciário – Área Judiciária

nível superior em Direito

  • Analista Judiciário- Área Judiciária – Especialidade: Oficial De Justiça e Avaliador Federal

nível superior em Direito

Técnico Judiciário

  • Técnico Judiciário – Área Administrativa

nível superior em qualquer área de formação

  • Técnico Judiciário – Área Administrativa – Especialidade: Agente Da Polícia Judicial

nível superior em qualquer área de formação
CNH tipo C

  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Contabilidade

nível superior em contabilidade

  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Desenvolvimento De Sistemas De Informação

nível superior em qualquer área de formação e habilitações específicas em cursos de desenvolvimento de software, somados apresentem carga horária mínima de 120 horas/aula.

  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Edificações

nível superior em qualquer área de formação, acrescido de curso técnico em Edificações

  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Enfermagem

nível superior em qualquer área de formação, acrescido de curso técnico em Enfermagem

  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Suporte Técnico

nível superior em qualquer área de formação e habilitações específicas em cursos de desenvolvimento de software, somados apresentem carga horária mínima de 120 horas/aula.

  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Tecnologia Da Informação

nível superior em Tecnologia da Informação ou nível superior em qualquer área de formação, acrescido de curso de pós-graduação em área de Tecnologia da Informação, com no mínimo 360 horas

Salários do edital TRF1

Os aprovados no edital TRF1 farão jus aos seguintes salários iniciais:

  • Técnico Judiciário: R$ 8.529,65
  • Analista Judiciário: R$ 13.994,78 a R$ 16.035,69

Inscrições do edital TRF1

Interessados devem entrar no site da banca Fundação Getúlio Vargas, entre os dias 19 de junho e 22 de julho. Para homologar a candidatura, é necessário efetuar o pagamento das seguintes taxas:

  • R$ 90,00 para Técnico Judiciário
  • R$ 120,00 para Analista Judiciário

Etapas e provas do concurso TRF1

O edital do concurso do Tribunal Regional Federal da 1° Região, será composto pelas seguintes etapas:

  • Prova objetiva (eliminatório e classificatório)
  • Prova discursiva (eliminatório e classificatório)
  • Teste de Aptidão Física (eliminatório – apenas para Analista Judiciário (Inspetor de Polícia Judicial) e Técnico Judiciário (Agente da Polícia Judicial)
  • Heteroidentificação
  • Perícia Médica

Prova objetiva

As provas estão marcadas para serem realizadas no dia 29 de setembro, nos seguintes horários:

  • Das 8h até às 13h para Analista Judiciário
  • Das 15h até às 20h para Técnico Judiciário

A distribuição das provas será realizada da seguinte forma:

Analista Judiciário – Área Administrativa – Sem especialidade; Técnico Judiciário – sem especialidade; Analista Judiciário – Área Judiciária; Analista – Judiciário – Oficial de Justiça

  • Língua Portuguesa: 20 questões
  • Raciocínio Lógico e Matemático: 6 questões
  • Noções de sustentabilidade: 6 questões
  • Noções de direitos humanos e fundamentais e de acessibilidade: 8 questões
  • Conhecimentos Específicos: 40 questões

Demais cargos

Prova discursiva

Aplicada no mesmo dia da prova objetiva, a prova discursiva será composta pela realização de uma redação. A redação irá valer 20 pontos.

A redação deverá ser redigida em gênero dissertativo-argumentativo, com número mínimo de 15 (quinze) e máximo de 20 (vinte) linhas.

Teste de Aptidão Física (TAF)

O teste de aptidão física, de caráter eliminatório, será realizado exclusivamente para os seguintes cargos:

Analista Judiciário – Área Administrativa – Especialidade: Inspetor de Polícia Judicial e

Técnico Judiciário – Àrea Administrativa – Especialidade: Agente da Polícia Judicial.

Serão convocados para o TAF todos os candidatos aprovados na prova discursiva.

Mais informações sobre o concurso podem ser encontradas no edital.

Leia também


Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM EMPREGOS E CONCURSOS :

Ver mais em Empregos e Concursos