Séries

Fábio Porchat e Tatá estreiam temporada de 'Tudo pela Audiência'

Dupla recebe convidados como o apresentador Marcos Mion, a cantora Ludmilla, o funkeiro Nego do Borel, entre outros

Redação iBahia
09/05/2016 às 13h43

3 min de leitura
Quadros inéditos, cenário novo inspirado em cassinos e torres de castelo, mas a proposta é a mesma: satirizar as bizarrices mostradas na TV. O programa ‘Tudo pela audiência’ estreia hoje, às 22h30, no Multishow, sua terceira temporada. Comandado há dois anos por Tatá Werneck e Fábio Porchat, a dupla recebe convidados como o apresentador Marcos Mion, o ator Hélio de La Peña, a cantora Ludmilla, o funkeiro Nego do Borel, o cantor Tiago Iorc, entre outros.
O sucesso do entrosamento da dupla de comediantes é natural. Entre a última temporada e a atual, Fábio e Tatá ficaram um ano e meio sem se encontrar. O que não mudou nada a relação do casal nas telinhas.
Foto: Gianne Carvalho/Divulgação
“Quando nos reencontramos, parecia que só tinha passado um dia que tínhamos estados juntos. Nos damos muito bem, gostamos muito do trabalho um do outro”, conta Porchat, que elogia o trabalho da companheira de palco: “Em cena, temos muita generosidade um com o outro e isso ajuda bastante. Volta e meia me pego durante o programa rindo da Tatá e de tudo que ela ainda vai fazer”.
São 30 episódios inéditos na nova temporada. O roteiro é escrito por Rosana Hermann com participação ativa de Porchat nos encontros do grupo de escritores.
Foto: Gianne Carvalho/Divulgação
“Participo bastante da criação, das reuniões de roteiro até estar pronto. Depois, eu e a Tatá fazemos uma leitura para ajeitar uma fala ou outra”, explica Fábio que, apesar do script, o improviso acontece em 60% dos episódios: “Tudo pode acontecer a qualquer momento. Rimos muito um do outro durante a gravação. As piadas que fazemos na hora são sinceras”.
Pela primeira vez desde que foi criado, o programa contou com gravações externas para o quadro ‘Perdoa Brasil’. Nele, Fábio e Tatá recebem pessoas que desejam resolver conflitos e situações mal resolvidas. Já o ‘Responde ou sensualiza’ desafia o convidado a responder uma série de perguntas e, se errar, tem que dançar em uma barra de pole dance. E no ‘Cuecão do Fábio”, o apresentador conversa cara a cara com o entrevistado dentro de uma enorme cueca. “Esse papo é bem junto mesmo. Deixa a pessoa bem constrangida!”, diverte-se.