Entretenimento

Festival de Teatro Lusófono chega a Salvador

A Secretaria de Cultura (SECULT), através da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), promove o Módulo de Circulação do Festival de Teatro Lusófono, que até o dia 4 de setembro, traz três espetáculos e duas oficinas de teatro e dança africanas, no Espaço Xisto Bahia. Um bate-papo com os grupos Teatro Fórum de Moura (Moçambique e Portugal) e Companhia Teatro de Pesquisa Serpente (Angola), aberto a artistas, estudantes e formadores de opinião de Salvador, com a presença do Secretário de Cultura, Márcio Meirelles, marca a abertura do evento, na próxima segunda-feira, dia 1º/09, às 10h, também no Espaço Xisto Bahia. A realização dá início a uma série de festivais em Salvador e pelo interior do Estado que contam com o investimento da Secretaria de Cultura. O Festival de Teatro Lusófono foi idealizado, a princípio, para ser realizado apenas em […]


29/08/2008 às 17h33

2 min de leitura

A Secretaria de Cultura (SECULT), através da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), promove o Módulo de Circulação do Festival de Teatro Lusófono, que até o dia 4 de setembro, traz três espetáculos e duas oficinas de teatro e dança africanas, no Espaço Xisto Bahia.

Um bate-papo com os grupos Teatro Fórum de Moura (Moçambique e Portugal) e Companhia Teatro de Pesquisa Serpente (Angola), aberto a artistas, estudantes e formadores de opinião de Salvador, com a presença do Secretário de Cultura, Márcio Meirelles, marca a abertura do evento, na próxima segunda-feira, dia 1º/09, às 10h, também no Espaço Xisto Bahia.

A realização dá início a uma série de festivais em Salvador e pelo interior do Estado que contam com o investimento da Secretaria de Cultura.

O Festival de Teatro Lusófono foi idealizado, a princípio, para ser realizado apenas em Teresina (PI) cidade onde está sediado o Grupo Harém de Teatro, responsável pelo evento.

Através de uma articulação com a Diretoria de Teatro da Fundação Cultural do Estado, o Módulo Circulação, com três espetáculos de dois grupos, estende as atrações até Salvador.

As peças Magia Negra e O esqueleto do Cozinheiro Akli, do Teatro Fórum de Moura (Moçambique), e Nojo, do Grupo Teatro Pesquisa- Serpente (Angola) serão apresentadas no Espaço Xisto Bahia.

O Festival visa proporcionar um intercâmbio continuado e sistemático da produção teatral de língua portuguesa. Além das apresentações, a ação viabiliza oficinas teatrais gratuitas ministradas pelos artistas africanos, voltadas para atores profissionais e estudantes de artes cênicas.