'Sob Pressão' estreia 4ª temporada nesta quinta; confira detalhes


Série de sucesso da Globo, ‘Sob Pressão’ estreia a 4ª temporada nesta quinta-feira (12), após a novela ‘Império’. A partir de agora, o público poderá acompanhar os novos dramas e casos de urgência que os personagens passam a enfrentar em um novo hospital, dessa vez maior, localizado no Centro do Rio de Janeiro e referência de atendimento na cidade. 

Na quarta temporada da obra, após a dura batalha contra a Covid-19, Décio (Bruno Garcia), Evandro (Julio Andrade), Carolina (Marjorie Estiano), Charles (Pablo Sanábio), Vera (Drica Moraes), Mauro (David Junior), Gustavo (Marcelo Batista), Keiko (Julia Shimura) e Rosa (Josie Antelo) se juntam à enfermeira Lívia (Barbara Reis) no grandioso Hospital Edith de Magalhães, onde não atendem pacientes com Covid-19. No novo endereço, eles enfrentam outras doenças, muitas delas provocadas por questões sociais que atingem o país, e que foram colocadas em segundo plano durante a pandemia.

O enredo vai seguir mesclando os casos do hospital, muitos derivados de situações de violência, aos dramas pessoais dos personagens.

Agora, após enfrentarem uma difícil fase no casamento, que inclui ainda o período em que Evandro lutou pela própria vida ao ser contaminado pelo Coronavírus, a relação do casal de médicos parece estar consolidada. Mas a chegada repentina da ex-namorada de Evandro desperta uma mistura de sentimentos, desestruturando mais uma vez o romance dos dois. Diana (Ana Flavia Cavalcanti) aparece no hospital com o pequeno Francisco doente e, sem revelar a identidade do pai do menino, pede ajuda de Evandro para tratar a criança. 

A intenção de Diana sempre foi cuidar de Francisco sozinha, mas o menino está muito doente e tais problemas de saúde a fizeram procurar pelo médico. Logo que chega ao hospital, Francisco passa por uma bateria de exames e recebe atenção redobrada da equipe de plantão. A aproximação entre Evandro e o garoto se torna, então, inevitável, e o envolvimento de Carolina também. “Inicialmente, o conflito de Carolina se estabelece na escolha de assumir ou não a complexidade e a natureza de uma relação através dos vínculos e laços que os afetos e cuidados vão tecendo. Se ela deseja isso, quais as consequências, as características, que lugar seria o dela, são perguntas muito importantes para Carolina. Diferente de Evandro, ela teria uma escolha”, completa Marjorie.  

O tema família se estende ainda à médica infectologista Vera (Drica Moraes), que nesta temporada tenta se reaproximar do filho Leonardo (João Vitor Silva), enquanto se adapta à rotina no novo hospital. “Seu principal desafio é conciliar a vida profissional com a volta do convívio com o filho, de quem ficou separada por quase 10 anos. O jovem está estudando para o vestibular e ambos, mãe e filho, estão sobrecarregados emocionalmente, ao mesmo tempo em que precisam aparar arestas de uma relação interrompida por tantos anos”, define Drica Moraes.

Novo hospital

Assim como nas demais temporadas, o principal cenário é o hospital, que tem grande destaque na narrativa da obra. É no Hospital Edith de Magalhães – nome escolhido para homenagear a enfermeira Edith de Magalhães Fraenkel, pioneira da saúde e enfermagem, que ajudou a combater a gripe espanhola no Brasil – que as histórias de pacientes e integrantes da equipe de saúde se desenvolvem. Dessa vez, a localização e o tamanho do hospital de ‘Sob Pressão’, além da precariedade de insumos para o tratamento de pacientes, também interferem diretamente na rotina caótica que se estabelece na vida dos personagens. 

Agora, quem comanda o hospital é Décio (Bruno Garcia), exercendo o cargo de diretor da unidade. Segundo Bruno Garcia, a evolução do personagem e sua nova função – também ocupada pelo médico no ‘Plantão Covid’ – está ligada diretamente às diferentes fases do personagem ao longo das temporadas e seu amadurecimento pessoal. “Desde que Décio assumiu sua homossexualidade passamos a vê-lo em camadas mais complexas e sua ascensão profissional, assumindo a direção dos hospitais nos quais trabalha, revela seu crescimento interior. O desafio é representar as mudanças que isso causou em sua vida sem perder a essência de sua personalidade’, avalia. 

Questões sociais

A nova temporada irá abordar o uso indevido de medicamentos, HIV na terceira idade, aborto, racismo, homofobia, violência urbana, guarda parental, multiparentalidade, entre outros, estão entre outros temas. 

Representando inúmeras pessoas da vida real, a atriz Claudia Di Moura vive a personagem Dona Maria, que acompanha a difícil e duvidosa recuperação de seu neto, vítima de bala perdida enquanto tentava protegê-la em um tiroteio. Apesar do estado de saúde do rapaz ser considerado muito grave, ela não perde a esperança e passa longos dias ao lado do neto. Sua permanência no hospital a faz desenvolver uma relação afetuosa com os profissionais que cuidam do jovem e com outros pacientes do local. 

Em cada um deles, haverá participações especiais. Ary Fontoura, Arlete Salles, Ailton Graça, Grace Passô, Cyria Coentro, João Vitor Silva, Yanna Lavigne, Adriano Garib, Tatiana Tiburcio, entre outros, fazem parte da extensa lista de participações.