Turmalina Paraíba é a pedra queridinha dos joalheiros


Com um tom entre azul e verde e um brilho que chama atenção, a turmalina paraíba é a nova pedra queridinha dos joalheiros. Descoberta em 1989 no Brasil, na cidade de São José da Batalha, a turmalina paraíba é um verdadeiro tesouro: hoje, só pode ser encontrada em pouquíssimas minas do mundo – em Moçambique, na Nigéria e no Rio Grande de Norte.

Por ser rara, a pedra é desejada pelos maiores nomes da joalheria, e chega a ser mais cobiçada pelos clientes do que os diamantes. Cada quilate (0,2 grama) custa em média US$30 mil, mas pode chegar até a US$100 mil dependendo das características da gema.

Pingente da Chanel é peça única e tem 1.000 brilhantes. Já o colar da H. Stern tem um grande pingente da pedra

Veja também:
Veja fotos da coleção de joias de Pilar, em Amor à Vida
Modelo mistura diferentes tons de pedras preciosas

Grandes nomes como Chanel, H. Stern, Maison Dior e Carla Amorim já criaram peças com a turmalina paraíba, que podem chegar a custar alguns milhões de reais.