E. C. Bahia

Bahia perde mais uma fora de casa e segue fora do G4

Tricolor foi derrotado por 1x0 pelo Londrina

Redação iBahia
04/10/2016 às 21h14

3 min de leitura

Um dos quesitos básicos para alcançar um acesso à primeira divisão é somar pontos – dentro e fora de casa, lógico. E é aí que o Bahia peca. Nesta terça-feira (4), o tricolor falhou novamente ao perder para o Londrina, adversário direto pelo acesso, por 1×0. Em casa, o Bahia ostenta a melhor campanha da Série B. Fora, o cenário é pavoroso.  Um dos piores visitantes, o tricolor venceu apenas dois dos 15 jogos que disputou, empatou cinco e perdeu oito. Pior que o Bahia, só Paysandu e três times que brigam contra o rebaixamento: Bragantino, Tupi e Sampaio Corrêa.

O primeiro tempo passou longe de arrancar um sorriso do torcedor tricolor. Logo aos sete minutos, o balde de água fria. Zé Rafael cobrou falta e Anderson, em posição irregular, cabeceou no fundo do gol. Só que gol só se torna irregular quando algum dos árbitros percebe, o que não aconteceu. Azar do Bahia. Depois do baque, pouca reação. O Bahia só chegou com perigo uma vez, aos 15, quando Renato Cajá cruzou na área e Hernane desperdiçou. Por outro lado, o time mandante obrigou Muriel a ser o nome do jogo, com lindas defesas.
O Bahia foi para o intervalo com uma missão: quebrar um tabu. O tricolor ainda não conseguiu uma virada nesta Série B. Mas nem sempre missão dada é missão cumprida. Com um desempenho abaixo da média em campo, o Esquadrão levou um sufoco nos primeiros minutos da segunda etapa e quase toma o segundo gol com Zé Rafael. Guto tentou. Tirou Juninho e colocou Renê Júnior. Sacou Edigar Junio para a entrada de Régis e botou Victor Rangel na vaga de Misael. As mudanças deixaram o time mais ofensivo, mas o gol não veio.  Com o resultado, o tricolor perdeu a chance de entrar no G4 e, os 58 torcedores que foram ao Estádio do Café torcer pelo time, deixaram o local com o gosto amargo da derrota. Sem açúcar, sem afeto, sem gol, sem nada. Azar do Bahia, que volta a campo nesse domingo para enfrentar o Tupi, às 19h30, na Fonte Nova.
Correio24horas