Brasil e Rússia se enfrentam por medalha de ouro no vôlei


Este domingo (12) é dia de torcer pelo quarto ouro brasileiro em Londres. Depois das mulheres, é hora dos homens do vôlei brilharem nos Jogos Olímpicos. Na terceira  final seguida, o Brasil enfrenta a Rússia, às 9h, para  garantir o ouro que escapou em Pequim – perdeu para os Estados Unidos. E a turma de Bernadinho chega com moral à final.

Desacreditado antes das Olímpíadas, o Brasil desbancou a desconfiança e garantiu a  vaga na final com um 3×0 tranquilo na Itália, na semifinal. Mas nada de oba-oba. “Não podemos iludir e falar que uma final olímpica será simples”, falou o central Lucão.  Um dia para Bernadinho virar o maior medalhista olímpico do Brasil em quantidade: uma como jogador e cinco como treinador, se ganhar.

Na semifinal, nada pra Itália. Hoje é dia de Dante voltar a soltar o braço

E se vier a medalha de ouro, o país iguala o feito da extinta União Sovietica, única nação a fazer a  dobradinha  no masculino e feminino. A conquista soviética veio no já distante ano de 1968.

O momento reforça a força do volei brasileiro. “Cara, é igual a futebol. Se os caras chegam mal, são cobrados para caramba em toda Copa do Mundo. E se estão bem, vocês ficam falando que são favoritos”, disse o veterano líbero Serginho.

Matéria Original: Correio 24 Horas
Brasi e Rússia se enfrentam por medalha de ouro no vôlei masculino