Chad Mendes e Julianna Peña nocauteiam rivais no primeiro round


A tarde incomum de UFC terminou com vitórias avassaladoras das principais atrações do evento e uma grande polêmica ontem, em Fairfax, nos EUA, no UFC Fight Night: Mendes x Lamas que começou ao meio-dia. Na luta principal, pelos penas, o número 1 do ranking – atrás apenas do campeão José Aldo – Chad Mendes mostrou muita qualidade e venceu Ricardo Lamas, número 4, com nocaute técnico avassalador.

Durante a trocação, Mendes acertou um soco de direita no queixo do rival, que ainda tentou se agarrar às suas pernas. No entanto, o número 1 não deu respiro e o árbitro interrompeu o combate. Quem também se deu bem foi a americana com ascendência venezuelana Julianna Peña. Ele não teve piedade da russa Milana Dudieva. Apesar de ser derrubada, Julianna raspou a rival e, por cima, deu uma sequência de socos que culminou com o triunfo. Entre uma luta e outra, o resultado do duelo entre os leves Jorge Masvidal e Al Iaquinta, com uma contestada vitória do segundo, provocou polêmica. Ao ser vaiado pelo público durante a entrevista pós-luta, Iaquinta xingou os presentes e saiu revoltado do octógono. Brasil
O evento teve apenas um brasileiro em ação, o amazonense Carlos Diego Ferreira, que se deu contra o americano Dustin Poirer, sendo nocauteado no 1º round.

Correio24horas