Menu Lateral Menu Lateral
iBahia > esportes > e.c bahia
CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Esportes

Na estreia de Ceni, Bahia mostra poder de reação

Tricolor de Aço teve atuação segura no triunfo contra o Coritiba, no Couto Pereira

João Souza / Grito Baiano • 15/09/2023 às 6:53 • Atualizada em 15/09/2023 às 9:24 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

				
					Na estreia de Ceni, Bahia mostra poder de reação
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Um time com mais movimentação, velocidade e organização tática. O Bahia, na estreia de Rogério Ceni, teve atuação segura no triunfo contra o Coritiba, no Couto Pereira, e respira na Série A.

O Tricolor de Aço viu o Coxa Branca abrir o placar, mas mostrou poder de reação para virar a partida ainda no primeiro tempo. Foi a primeira vez que o Bahia saiu atrás e conseguiu vencer o jogo neste Brasileirão.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Leia mais:

Quase rebaixado para a Série B, o Coritiba tinha expectativa de reagir justamente contra o Tricolor de Aço, que quase não deu chances ao Coxa Branca.

Na escalação, Rogério Ceni foi ousado. Entrou em campo com Yago Felipe entre os titulares. Opção que seria criticada pela torcida se fosse feita pelo treinador anterior, Renato Paiva.


				
					Na estreia de Ceni, Bahia mostra poder de reação
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Para o lugar do destaque do time, Cauly, que se recupera de lesão, Ceni também não optou pelas possibilidades abordadas na mídia. Ele não colocou Biel no meio-campo, nem colocou Léo Cittadini.

Thaciano foi posicionado na frente de Rezende e Yago e se tornou o destaque do Bahia na partida. Mais avançado, o meia participou bastante das ações ofensivas, além de ter marcado o segundo gol e sido importante para o terceiro.


				
					Na estreia de Ceni, Bahia mostra poder de reação
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Muito se falou, durante a semana, de que Rogério Ceni era fã do questionado Everaldo. Quando ainda não era técnico do Bahia, o treinador elogiou o centroavante.

E Everaldo foi a escolha de Ceni para comandar o ataque do time, já estreia do time. O centroavante não brilhou.


				
					Na estreia de Ceni, Bahia mostra poder de reação
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

É verdade que dos quatro gols do Bahia, o goleiro Luan Poli colaborou com falhas em ao menos três. Mesmo com a “ajuda” do adversário, que teve noite infeliz, o Tricolor soube jogar contra um Coritiba abatido e nervoso.

O Bahia tomou um susto logo no início, quando o Coritiba abriu o placar, mas mostrou um rápido poder de reação. Ainda no primeiro tempo, fez três gols no time que ser rebaixado nas próximas rodadas.

A movimentação de Ademir e Rafael Ratão, que usaram a velocidade como armas, também foi determinante para a boa atuação do time.


				
					Na estreia de Ceni, Bahia mostra poder de reação
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Um sinal de alerta que pode ser ligado é que, em alguns momentos, o Bahia ficou exposto em campo. Problema que o time já demonstrava com Renato Paiva e precisa ser corrigido por Ceni.

A atuação contra o Coritiba foi boa e o resultado importante para respirar na classificação.

Outra notícia boa foi que o Cruzeiro venceu o Santos por 3 a 0, na Vila Belmiro. Com isso, a distância entre o Bahia e o time paulista, primeiro na zona de rebaixamento, aumentou para quatro pontos.


				
					Na estreia de Ceni, Bahia mostra poder de reação
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

A próxima partida será mais importante ainda. Confronto direto contra o Santos, na Fonte Nova. A vantagem, que hoje é de quatro pontos, pode aumentar para sete, em caso de triunfo tricolor.

Um problema para Ceni é o desfalque do volante Rezende, que recebeu terceiro cartão amarelo e está suspenso.

Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM E.C BAHIA :

Ver mais em E.C Bahia