Em coletiva, William explica motivos que o fizeram deixar o Bahia


Durou apenas três meses o casamento entre o Bahia e o diretor de futebol William Machado. Na tarde desta quinta-feira (6), o ‘Capita’, concedeu entrevista coletiva e anunciou que está de saída do Tricolor. O motivo alegado pelo gestor para deixar o clube foram problemas familiares.
“É com pesar que venho aqui hoje anunciar que eu estou me desligando do Bahia em função exclusivamente de problemas familiares que estão passando há alguns meses, e em conversas com meus familiares surgiu a necessidade de passar mais tempo com eles. Passei mais de 15 anos, em virtude do futebol, longe da família, sem poder estar presente em momentos de alegria e dificuldades. Hoje eu tenho a possibilidade de escolher estar com eles no momento de dificuldades, e tem alguns grandes fatores que pesaram na hora de parar quando eu era atleta. Eu não vou entrar em detalhes, só falo que o que não foi o que foi ventilado, não da forma como foi colocado. Peço que respeitem isso”, explicou William.   

William comandou o futebol do Bahia durante apenas três meses 
O ex-diretor avaliou o período em que esteve no clube e afirma que algumas medidas tomadas foram pensadas no bem Bahia como um todo, mesmo que não agradasse alguma parte. William revelou ainda um frustração por deixar o clube de forma precoce. O mesmo aconteceu quando o gestor estava no Corinthians, mas por motivos diferentes. 
“Eu saio frustrado pela forma. Queria que a equipe estivesse em um outro patamar dentro de campo, mas entendo das dificuldades que o Bahia está enfrentando desde o ano passado, é um problema de transição. Não se muda com essa proposta ousada, moderna e corajosa sem sofrer e não pagar o preço por isso. Você não consegue fazer as contratações que todo mundo queria com um orçamento menor, porque você tem que pagar as dívidas que têm, mesmo não sendo elas contraídas por você, mas se você está a frente do Bahia, você responde por tudo, e essa diretoria está fazendo isso. Eu gostaria que a equipe estivesse em um nível melhor, mas vejo que essa equipe tem condições de chegar na final do Baiano de igual para igual”, afirmou o Capita.