Menu Lateral Menu Lateral
iBahia > esportes > futebol feminino
CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Resultado

Seleção feminina goleia Chile em último jogo antes da Copa do Mundo

Brasileiras viajam segunda para Austrália e estreiam dia 24 no Mundial

Agência Brasil • 02/07/2023 às 14:29 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

				
					Seleção feminina goleia Chile em último jogo antes da Copa do Mundo
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A seleção feminina de futebol venceu o último compromisso antes da Copa do Mundo, que será disputada na Austrália e na Nova Zelândia. Neste domingo (2), as brasileiras golearam o Chile por 4 a 0, em amistoso realizado no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

A delegação brasileira embarca nesta segunda-feira (3) para a Austrália, país-sede dos jogos da primeira fase do Mundial. O voo com as jogadoras e a comissão técnica deixa o aeroporto de Brasília às 5h (horário de Brasília), com previsão de chegada em Brisbane às 18h35, no horário local, após 24 horas de viagem.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Leia mais:

A estreia do Brasil na Copa do Mundo será no próximo dia 24, às 8h (horário de Brasília), contra o Panamá, no Estádio Hindmarsh, em Adelaide. Na primeira fase, a equipe ainda terá pela frente França e Jamaica. As brasileiras buscam um título mundial inédito.

Partida

Lelê; Antonia, Kathellen, Rafaelle e Tamires; Luana, Duda Sampaio, Geyse e Ana Vitória; Nycole e Gabi Nunes. A formação escolhida pela técnica Pia Sundhage mesclou defensoras consideradas titulares com nomes de ataque que buscam espaço na escalação ideal. Jogadoras como as meias Ary Borges, Adriana e Kerolin e as atacantes Debinha e Marta, que costumam sair jogando com a treinadora, foram preservadas e iniciaram a partida no banco.

As apostas ofensivas foram a campo determinadas a mostrar serviço e precisaram de poucos minutos para abrir o placar. Aos quatro minutos, Nycole dominou pela direita, olhou para a área e cruzou na medida para a também atacante Gabi Nunes escorar de cabeça, no ângulo da goleira Antonia Canales, que ainda encostou na bola, mas não evitou o gol brasileiro.


				
					Seleção feminina goleia Chile em último jogo antes da Copa do Mundo
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

As chilenas tentaram responder no lance seguinte, com a atacante María José Urrutia invadindo a área pela direita e chutando, mas a goleira Lelê salvou, com a ponta dos dedos. O Brasil, no entanto, seguiu dominante, utilizando as laterais do campo para atacar. Aos 14, após cruzamento e corte parcial da zaga do Chile, a volante Luana encontrou Geyse, no lado direito da área. A atacante finalizou de primeira, mas, sem ângulo, mandou para fora.

O Chile assustou novamente aos 23 minutos, em cobrança de falta da volante Karen Araya, pela esquerda, que parou no travessão. Desta vez, porém, as brasileiras não desperdiçaram a chance de aumentar a fatura. Aos 28, a lateral Antonia recebeu na direita e cruzou de primeira. A meia Duda Sampaio, de cabeça, no meio da área, mandou para as redes.

A pressão verde e amarela não arrefeceu com a vantagem. Aos 34, a zaga chilena afastou a falta cobrada na área e Luana pegou a sobra na meia-lua. A camisa 5, livre, teve tranquilidade para dominar a bola e chutar no ângulo esquerdo de Canales, que nada pôde fazer. O quarto quase saiu aos 43, em chute cruzado de Antonia, pela direita, que saiu rente à trave direita.

As brasileiras mantiveram o controle das ações na volta do intervalo, infernizando as chilenas pelos lados do campo. Aos quatro minutos, a seleção canarinho ampliou. A lateral Tamires cruzou pela esquerda e Geyse, de cabeça, sozinha, anotou o quarto gol.

A partir dos 12 minutos, Pia começou a rodar a equipe. A meia Ana Vitória deu lugar à zagueira Mônica, enquanto Geyse saiu para a entrada da atacante Andressa Alves. Na defesa, Lauren entrou na vaga de Kathellen. Aos 25, a mudança foi Nycole por Kerolin. Três minutos depois, o Mané Garrincha foi ao delírio com Marta em campo, substituindo Rafaelle e assumindo a braçadeira de capitã, que estava com a zagueira.

As trocas, de ambos os lados, diminuíram a intensidade da partida. Mesmo assim, o Brasil seguiu soberano, buscando aumentar a vantagem, ainda que sem a organização do primeiro tempo. Após o apito final, aplausos dos quase 16 mil torcedores presentes no estádio. Agora, é Copa do Mundo.

Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM FUTEBOL FEMININO :

Ver mais em Futebol Feminino