"Mãos" de Messi são roubadas após visita do craque ao Gabão


GOAL
Redação GoalLionel Messi, atacante do Barcelona, eleito quatro vezes melhor do mundo, visitou o Gabão, país africano, no último final de semana. O craque participou de uma cerimônia em que marcou suas mãos na pedra inaugural do estádio Port-Gentil. Porém, dias após o evento, a pedra foi roubada.A visita de Messi à África, por sinal, gerou algumas polêmicas. Além de supostamente ter recebido R$ 12 milhões de reais (3,5 milhões de euros) do governo do Gabão pela viagem, algumas pessoas criticaram as roupas do jogador quando esteve no país.”O messias do futebol chegou ao Gabão como se estivesse indo a um zoológico: sujo, com barba e com as mãos nos bolsos, como se procurasse por amendoins para atirar em todos”, afirmou o Union du Peuple Gabonais, partido político de oposição ao mandatário da nação.”Quando você se chama Lionel Messi e é um multibilionário, você não tem o direito de se apresentar aos oficiais de uma república com as mãos nos bolsos de um shorts rasgado e manchado”, acrescentou o grupo em comunicado. Segundo a publicação O Jogo, de Portugal, o furto aconteceu ainda no começo da semana, mas somente foi divulgado posteriormente pelas autoridades do Gabão.