Negociáveis: Marcone, Ricardinho e Ávine podem deixar o Bahia em 2012


Marcone, Ricardinho e Ávine não se destacaram em 2011

Marcone, Ricardinho e Ávine fizeram uma Série A regular pelo tricolor. Mesmo sem destaque, os três jogadores despertaram o interesse de outros clubes para o ano de 2012: Corinthians, Itumbiara e Atlético Mineiro, respectivamente. No Bahia, a diretoria trata cada caso de uma forma, mas não esconde o desejo de negociar os atletas.

De olho no inédito título da Copa Libertadores, o alvinegro paulista prioriza a contratação de um volante para reforçar o setor. O rubro-negro Neto Coruja é o primeiro nome da lista, mas, caso o negócio não seja concretizado, Marcone entra na pauta.

Paulo Angioni, gestor de futebol do Bahia, não cria obstáculos para a liberação do volante, que tem contrato até abril de 2013. “Não nos evidenciaram esse desejo, mas se o Corinthians precisar, por tudo o que já fez por nós, vamos emprestar sem problemas”, disse ao site Lancenet.

A situação do meia Ricardinho é outra. O jogador de 35 anos teria uma proposta de R$ 1 milhão para disputar o estadual de Goiás pelo Itumbiara. Marcelo Guimarães Filho, presidente tricolor, confirmou a sondagem. “Teve essa conversa lá, mas ainda não chegou nenhuma proposta ao Bahia”, disse ele, que não vê problemas em liberar o meia. Dos Estados Unidos, onde curte as férias com a família, o jogador desconversou. “Estou passeando com meus familiares e não sei de nada. Me apresento no dia 5 de janeiro”.

Em situação mais adiantada do que Marcone e Ricardinho, o lateral Ávine está próximo de deixar o Fazendão. O Atlético Mineiro entra como forte candidato para contratar o jogador. “Ele tem muito mercado. É um atleta que despertou interesse de vários clubes. É difícil segurá-lo aqui”, falou Angioni ao Lancenet.

Oldegard Filho, empresário do lateral, não descartou o negócio com o clube mineiro. “Eles estão num processo eleitoral para definir o presidente. Ainda não chegou nada na mesa. Depois posso comentar sobre isso. Talvez sexta (amanhã)”, disse ele. A eleição para presidente no Galo acontece nesta quinta.

Contratações – A volta do meia Morais ao Bahia está cada vez mais próxima. Paulo Angioni já teria entrado em acordo com o Corinthians para a liberação do jogador, que tem vínculo com o atual campeão brasileiro até junho. As únicas pendências seriam o tempo de contrato e o salário de aproximadamente R$ 150 mil. O representante do jogador, Fabiano Farah, revelou ter outras quatro propostas de “clubes grandes”, mas não descartou o retorno do jogador ao Bahia em 2012. “É possível”, resumiu ele.